Pesquisa aponta que quase metade das mulheres do RJ se importam mais com a saúde do seu parceiro do que ele próprio

Paralelamente, 92% das mulheres entrevistas no RJ afirmam saber que homens a partir dos 50 anos devem realizar exame de próstata

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa de consulta médica no Hospital da Gamboa, no Rio de Janeiro - Foto: Guilherme Pinto

Pesquisa recente elaborada pelo Centro de Referência em Saúde do Homem do Estado de São Paulo aponta que, no estado do Rio de Janeiro, 46% das mulheres consideram que se importam mais com a saúde do parceiro com quem se relacionam do que eles próprios.

Em meio a isso, 92% das mulheres entrevistadas em território fluminense afirmaram saber que homens a partir dos 50 anos devem fazer exame de próstata, e 56% destacaram que as pessoas do sexo masculino da família nesta idade estão realizando o exame preventivo.

Vale ressaltar que, somente para o triênio 2023-2025, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima cerca de 72 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil. No ranking dos mais incidentes entre homens, ele só perde para o câncer de pele não melanoma.

É importante destacar também que ”Novembro Azul’ é conhecido como o período em que se intensifica a conscientização relacionada à doença e também acerca de outros assuntos centrados na saúde masculina.

Advertisement

Isso porque, historicamente, há uma resistência dos homens em buscar ajuda médica e de outros profissionais relacionados à saúde. São apontados, colaborando para esse cenário, por exemplo, questões culturais, medo, vergonha e temor de expor suas fragilidades.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Pesquisa aponta que quase metade das mulheres do RJ se importam mais com a saúde do seu parceiro do que ele próprio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui