Bloco Escangalha por André Ferreira Sim, sei que estou falando muito de Carnaval, mas prometo que vou parar aos poucos. Pois, o professor

Bayard Boiteux postou em seu blog a pesquisa deste ano com os turistas estrangeiros no Rio de Janeiro. Dos 700 mil turistas que vieram ao Rio, 40% era formada de estrangeiros.

Para o professor o carnaval de rua carioca tem grande apelo para os estrangeiros, que viajam mais por conta própria e que houve um aumento qualitativo dos consumidores. Aconselho a lerem o texto dele “O Carnaval, o Turismo e o Rio”.

Ano passado fiz uma comparação entre os pontos positivos e negativos de 2008 e 2009, vou fazer o mesmo esse ano:

Pontos Positivos:

200820092010
Eventos Gratuitos nas Ruas – 45%Animação nas ruas – 30%Eventos carnavalescos nas ruas – 32%
Segurança nas Áreas Turísticas – 25%População anfitriã – 25%População anfitriã – 24%
Qualidade nas Prestações de Serviços – 20%Limpeza da Cidade – 20%Prestação de serviço – 19%
Gastronomia – 6%Condições Climáticas – 15%Diversidade cultural – 13%
Limpeza da Cidade – 4%Natureza Exuberante – 10%Natureza exuberante – 8%
Transporte Urbano – 4%

Carnaval de rua em 1o lugar! É claro, se pensar que o Sambódromo tem um número limite de ingressos e que você assiste mas não participa diretamente, é muito melhor o bloco.

Pontos Negativos:

200820092010
Condições Climáticas – 45%População de Rua – 34%Sujeira – 29%
Preço dos Ingressos no Sambódromo – 20%Segurança – 28%Segurança – 23%
Preço dos Hotéis – 15%Informação Turísticas – 21%Informação Turística – 18%
Medicância – 10%Preço dos Ingressos no Sambódromo – 14%Sinalização Turística – 12%
Informações Turísticas – 5%Táxis – 3%Ingressos no Sambódromo – 14% – 9%
Metrô – 7%
Táxis – 2%

Lamentável é observar que se em 2008 a limpeza urbana era um ponto positivo, em 2010 se torna o principal problema para o turista! Assim como a segurança que em 2008 era um positivo, desde 2009 o 2o principal ponto negativo, além dos problemas com informação turística. De positivo a ausência de medicância.

Atrações Culturais mais visitadas:

200820092010
Pão de Açúcar 40%Pão de Açúcar 30%Pão de Açucar – 35%
Corcovado 20%Corcovado 27%Praias – 26%
Cidade do Samba 14%Praias 21%Corcovado – 22%
Roda Gigante de Copacabana 8%Jardim Botânico 12%Jardim Botânico – 12%
Atrativos culturais – 5%

Óbvio que com o sol que fez a praia ia ser um dos principais destinos, ocupando o 2o lugar que era do Corcovado. Interessante ver que o Jardim Botânico vem se tornando uma das principais atrações turísticas do Rio de Janeiro.

Fique com os outros dados:

Sexo
53% masculino
47% feminino

Nível de Escolaridade
10% Fundamental
35% Ensino médio
55% ensino superior

Meio de Transporte
67% aéreo
28% marítimo
5% terrestre

Forma de hospedagem
70% hotéis
16% apartamentos de temporada
8% casa de amigos
6% hospedagem domiciliar

Países de origem
21% Estados Unidos
17% França
14% Alemanha
11% Itália
10% Portugal
8% Argentina
7% Japão
5% Chile
4% Canada
2% Uruguai
1% México

Gasto Médio
De USD 60/USD 80?15%
De USD 81/USD 120?28%
De USD 121/USD 180?44%
Mais de USD 180 USD?13%

Desfiles no sambódromo
60% esteve no sambódromo
40% não esteve

Avaliação dos desfiles no sambódromo
75% excelente
14% Muito bom
7% bom
4% ruim

Faixa Etária
18/25 anos?18%
26/40 anos?39%
40/55 anos?27%
56/70 anos ?11%
Mais de 70 anos?5%

Avaliação da Segurança em áreas turísticas
Excelente?10%
Muito boa?14%
Boa?28%
Ruim?37%
Muito ruim ?11%

Frequência da Viagem
75% vieram ao Rio pela primeira vez
14% vieram ao Rio pelo menos 2 vezes
11% já veio ao Rio mais de 3 vezes

Satisfação
87% pretendem voltar ao Rio
13% não pretendem

Outras Cidades Visitadas
Paraty?27%
Buzios-18%
Petropolis-13%
Salvador-10%
Niteroi-8%
Recife-6%
Porto de Galinhas-4%
Foz do Iguaçu-9%
Manaus-5%

Forma de organização da viagem
68% viaja por conta própria
32% através de uma agência
45% viaja com amigos
35% viaja com a família
20% viaja sozinho

Permanência média
1/3 dias-10./.
4/7 dias-70./..
Mais de 8 dias-20%

Foto: Bloco Escangalha por André Ferreira

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui