Pesquisa do IBGE aponta que mais de 90% das residências no RJ são ligadas à rede de esgoto

De acordo com o estudo, Rio de Janeiro fica atrás apenas de São Paulo, Distrito Federal e Minas Gerais

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Tubulação destinada ao saneamento básico - Imagem meramente ilustrativa / Shutterstock

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre as 27 unidades da federação, verificou que o Estado do Rio de Janeiro é um dos que mais tem domicílios com esgoto ligado à rede: 90,6%. A sondagem, que foi divulgada nesta sexta-feira (16), tomou como base o ano de 2022.

Pesquisadores do IBGE visitaram 6.565 imóveis, dos quais 5.352 possuíam rede geral ou rede pluvial. As demais residências, 1.213, fazem uso de fossas sépticas, ligadas à rede e outras não, além de outros recursos alternativos.

Os resultados do Rio de Janeiro são semelhantes aos verificados na Região Sudeste, onde 89,1% das residências estão conectadas à rede de esgoto. Se forem analisados apenas os dados da área urbana, o número de domicílios ligados ao esgotamento sanitário é de 93,9%.

Entre as 27 unidades federativas, o Rio de Janeiro fica atrás apenas de São Paulo (96,4%), Distrito Federal (94,1%) e Minas Gerais (92,3%). Os dados demonstram que a Região Sudeste é melhor atendida relação a esse serviço básico

Advertisement

Os resultados da pesquisa do IBGE são um indicativo de extrema relevância na avalição de indicadores ligados a conquistas sociais, especialmente ao direito à saúde.

O levantamento foi elaborado por meio do módulo “Características Gerais dos Domicílios e dos Moradores da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD)”.

As informações são do jornal O São Gonçalo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Pesquisa do IBGE aponta que mais de 90% das residências no RJ são ligadas à rede de esgoto
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui