Petrobras vai investir R$ 249 milhões na construção do Complexo Científico e Cultural da Urca

Companhia prevê ainda a revitalização do Museu de Ciências da Terra e de um conjunto de laboratórios de isotopia e geocronologia

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Serviço Geológico do Brasil

Com início previsto para abril de 2024, a construção do Complexo Científico e Cultural da Urca, Zona Sul do Rio, terá R$ 249 milhões em investimentos provenientes da Petrobras.

O projeto, que tem como objetivo a divulgação do conhecimento geológico no Brasil, é resultado de uma parceria entre a companhia e o Serviço Geológico do Brasil (SGB). As obras devem ficar prontas em 2027.

O diretor-presidente do SGB, Inácio Melo, ressaltou que, após o término das obras, o Brasil ganhará um museu científico de referência, além de uma estrutura científica totalmente revitalizada.

“Do ponto de vista cultural, teremos um museu científico de referência no Brasil, que irá tratar da evolução do planeta Terra e de como nós, seres humanos, nos inserimos neste processo evolutivo. Do ponto de vista do setor mineral, o Centro de Referência em Geociências terá como foco avaliar as possibilidades do território brasileiro para novas descobertas dos minerais críticos para transição energética, como o cobre, níquel, cobalto e lítio”, disse Inácio Melo.

Advertisement

Pelo projeto, o Museu de Ciências da Terra, a litoteca com amostras do pré-sal brasileiro e o conjunto de laboratórios de isotopia e geocronologia passarão por um amplo processo de revitalização.

Informações: Diário Carioca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Petrobras vai investir R$ 249 milhões na construção do Complexo Científico e Cultural da Urca
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Finalmente um investimento em algo útil. Penso que uma das coisas que mais este estado precisa é de BOA (!!!!!) cultura. Uma pena que isto seja feito na Zona Sul, justamente onde as pessoas, já têm , até pelas condições financeiras, um acesso mais fácil a cultura. Algo assim deveria ser feito mais pro lado da Zona Norte, pra que o pessoal da baixada e arredores chegasse fácil.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui