PF e Ibama resgatam 30 aves mantidas em cativeiro durante operação em Cascadura

Ação realizada nesta sexta-feira (01/12) investiga uma série de crimes ambientais na Zona Norte do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Diversas espécies de aves foram encontradas na operação — Foto: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira (01/12), uma operação contra crimes ambientais na qual foram apreendidas cerca de 30 aves. Os animais foram comprados ilegalmente e eram mantidos em cativeiro sem a devida documentação, em Cascadura, Zona Norte do Rio. A ação foi realizada em parceria com o Ibama.

Para tentar escapar da fiscalização, o donos das aves apresentou documentos falsos das animais. Ele foi preso em flagrante por uso de documento falso, maus-tratos e por manter em cativeiro animais silvestres sem a devida autorização. O homem também responderá pelo crime receptação, cuja pena prevista é de reclusão de um a quatro anos e multa.

Segundo os agentes, ele mantinha em cativeiro cerca de 30 aves. Dentre elas algumas de grande porte, outras que estão ameaçadas de extinção e algumas aves exóticas, como loris (nativa do Sudeste Asiático e da Oceania), ring neck e rosela. Dentre os espécimes também havia tucano toco, arara vermelha grande, arara Canindé, araracanga, papagaio-verdadeiro, jandaia e periquito Maracanã.

Os animais foram encaminhados para o Cetas/Ibama. O objetivo será a sua reabilitação para uma possível posterior reinserção em seus habitats.

Advertisement

Leia também

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

Leblon tem o condomínio mais caro do Brasil

O preso foi encaminhado ao sistema prisional do estado, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp PF e Ibama resgatam 30 aves mantidas em cativeiro durante operação em Cascadura

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui