PIB per capita do Rio é maior do que o de nove países do G20

Caso a cidade do Rio fosse um membro do G20 – grupo que reúne as maiores e mais importantes economias do mundo –, ocuparia a 12ª colocação em PIB per capita, à frente de nove países

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem apenas ilustrativa - Vista aérea dos bairros do Recreio e da Barra da Tijuca • Foto: Rafa Pereira, Diário do Rio

O PIB per capita carioca, em 2022, foi de R$ 48,8 mil, segundo o Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS). Com a taxa média de câmbio da época, o valor era de US$ 9,5 mil. Segundo cálculos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS), em parceria com o Comitê Rio G20, da Prefeitura do Rio, caso a cidade do Rio fosse um membro do G20 – grupo que reúne as maiores e mais importantes economias do mundo –, ocuparia a 12ª colocação em PIB per capita, à frente de nove países (Rússia, China, Argentina, México, Turquia, Brasil, África do Sul, Indonésia e Índia).

O Rio é uma cidade pulsante, com vocação turística e de negócios. Estamos recuperando a confiança dos investidores, a autoestima do carioca, e a economia vem crescendo nos últimos anos, o que já vem se refletindo na queda da taxa de desemprego, por exemplo. Essa colocação mostra que é fundamental continuarmos trabalhando para que o crescimento seja sustentável“, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação, Chicão Bulhões.

WhatsApp Image 2023 09 29 at 17.14.18 PIB per capita do Rio é maior do que o de nove países do G20

Em 2024, a cidade do Rio será sede da reunião de cúpula do G20, grupo formado por 19 países e a União Europeia, que representam 80% do PIB global, 75% do comércio mundial e 60% da população.

A cidade do Rio representa e reúne os desafios do desenvolvimento. O Rio de Janeiro ter um PIB per capita no meio da lista do G20 mostra que o caminho da cidade ainda é longo, mas muito já foi feito. Daí a importância de um evento como a Cúpula do G20, em que é discutido o desenvolvimento em contexto comparado, pensando em cooperação internacional e investimento para a cidade“, disse Lucas Padilha, presidente do Comitê Rio G20, da Prefeitura do Rio.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp PIB per capita do Rio é maior do que o de nove países do G20
Advertisement

4 COMENTÁRIOS

  1. Ou a desigualdade é gigante ou o número é fantasia. E comparar renda com o elenco da terceira divisão em qualidade de vida e bem estar é no mínimo, ofender o carioca. Se fosse assim teríamos um padrão Dubai, em vez disso é DuBomba!

  2. Se a prefeitura começar a divulgar isso vai deixar os participantes do G20 muito confusos. As comitivas vão andar meia pela linha vermelha e amarela vendo somente favelas e se perguntando: onde está esse pib per capita tão divulgado? Vão chegar à conclusão óbvia que há uma concentração de renda gigantesca. Não estou certo se essa é uma boa tática de marketing…

  3. A população fluminense está sendo ludibriada por uma propaganda anti Rio de Janeiro que já vem pelo menos há uns 50 anos.
    E por que esse tempo?
    Há uns 50 anos o Rio de Janeiro virou o maior produtor de petróleo do Brasil. De lá pra cá esse mesmo Brasil vem tirando os bilhões dos lucros do petróleo do Rio. A maioria desse dinheiro vai para Brasília, deixando aqui no Rio uma mixaria.
    Com o tempo o Rio também virou o maior produtor de gás do Brasil, e adivinhem, seguiu o mesmo projeto dos lucros do petróleo. Tiram também bilhões dos lucros do gás nos deixando com uma mixaria.
    Adivinhem para onde vão a maioria dos lucros do petróleo e gás Fluminense quando chega em Brasília?
    A bancada política Paulista leva para São Paulo a maioria desses bilhões, e as bancadas politicas sulistas (os Estados do Sul) e a bancada política mineira arrecadam uma boa parte considerável desses bilhões.
    Na questão da violência, já foi confirmado que mais de 90% das armas e drogas que alimentam as organizações criminosas, e consequentemente a violência no estado do Rio, vem das fronteiras com os Estados de São Paulo e Minas Gerais. Não vejo NENHUM empenho ou vontade desses estados fronteiriços em interceptar essas armas e drogas, deixando-me a entender que esses estados são incompetentes em agir contra a criminalidade em seus territórios, ou pior, esses estados fronteiriços estão cooperando com a entrada de armas e drogas no Rio com a intenção de um projeto pra lá de tenebroso que seria a desestabilização proposital do estado do Rio, ambicionando é claro, se apoderar definitivamente da produção e dos lucros bilionários do petróleo e gás do Rio de Janeiro.
    Me assusta a mídia Fluminense não informar a população do nosso estado que somos os maiores produtores de petróleo e gás do Bostil e que somos saqueados e sabotados o ano todo.
    Eu particularmente sou a favor da independência do estado do Rio de Janeiro como um país independente.
    Se nós somos o “patinho feio” do país, e ao mesmo tempo somos saqueados e sabotados pelo mesmo Brasil, por que devemos continuar sendo parte desse país?

    • Meu irmão e xará , concordo plenamente ,acho que nossos problemas, são.de competência e Honestidade .
      Estamos desde os tempos do governador Carlos Lacerda Carlos Lacerda nesta luta,acho que foi.o último , e alguns prefeitos ,bons prefeitos ,u último pereira passos e o lendário Barão de Mauá, que prestou a este país ,grandes realizações e isto já faz muitos anos .
      Nosso problema maior e e são os despreparados e corruptos governadores e deputados, senadores sejam federais ou estaduais ,uma corja sem indentidade com o povo rio de janeiro .temos que lutar par mudar está realidade , para todo nosso Brasil .terminar com continuação de mandatos , planejamento e formação.em todos os níveis no Brasil , a começar no presidente , executivo,legislativo e principalmente no judiciário .
      O povo tem obrigação de lutar por seu país ,acabar com estes falsos donos do Brasil .
      Rcs.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui