Pipoqueiro de rua pode ser declarado patrimônio cultural de natureza imaterial carioca

De acordo com Rosa Fernandes, autora do projeto, os pipoqueiros de ruas são exemplos de empreendedorismo, fazendo parte da cultura popular

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto de Megha Mangal: https://www.pexels.com/pt-br/foto/foto-de-close-up-de-pipoca-806880/

Foi aprovado em primeira discussão o projeto de lei 2181/2023, que declara o ofício de pipoqueiro de rua como Patrimônio Cultural Imaterial do Município do Rio de Janeiro. O projeto tem autoria da vereadora Rosa Fernandes (PSC).

De acordo com Rosa, os pipoqueiros de ruas são verdadeiros exemplos de empreendedorismo, fazendo parte da cultura popular, por isso merecendo esse reconhecimento.

Quem nunca foi totalmente seduzido, independente da idade, por aquele cheirinho de pipoca na saída das escolas? Cidades como Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR) já debateram o reconhecimento cultural da atividade. Declarar o pipoqueiro de rua como patrimônio cultural imaterial é reconhecer o valor simbólico desse ofício como participante ativo da cultura da cidade”, explica.

A matéria ainda voltará à pauta em 2ª votação.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Pipoqueiro de rua pode ser declarado patrimônio cultural de natureza imaterial carioca
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Pipoqueiro de rua pode ser declarado patrimônio cultural de natureza imaterial carioca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui