Pix e boleto bancário podem ser aceitos nos pedágios do RJ

Deputado Estadual Vinicius Cozzolino protocolou Projeto de Lei para adicionar as opções a forma de pagamento das vias que cobram pedágio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

As vias do estado do Rio de Janeiro que cobram pedágio, como a Linha Amarela e a Ponte Rio-Niterói, podem ganhar novas opções de pagamento. Um Projeto de Lei protocolado pelo deputado estadual Vinicius Cozzolino adiciona o PIX e o boleto bancário como modalidades de pagamento nos pedágios do estado. 

Com o avanço da tecnologia o cidadão se reinventou e se tornou cada vez mais comum os pagamentos via aplicativo. Atualmente, os pedágios só permitem o pagamento via cartões de crédito e débito, além do dinheiro. A inclusão dessas opções são essenciais para que as empresas estejam atualizadas com a modernização digital, promovendo o desenvolvimento socioeconômico e facilitando a vida do usuário”, explica o deputado estadual Vinicius.

Além do PIX que permite a transferência de recursos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia, o boleto bancário, com prazo para pagamento de no mínimo sete dias, promete contemplar o usuário que porventura não usufrui ou esteja com acessos tecnológicos indisponíveis, evitando que não precise retornar a praça de pedágio no período de 24h como é feito atualmente. As modalidades vão garantir mais agilidade e diminuir a espera dos motoristas nas cabines.

O procedimento adotado vem gerando um grande número de reclamações por parte dos usuários que na maioria das vezes estão em viagem, o que impossibilita o retorno nesse prazo, gerando multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira, conforme estabelece o artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Pix e boleto bancário podem ser aceitos nos pedágios do RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui