Planetário do Rio recebe ‘Jornada da Inclusão’ para promover a cidadania para pessoas com deficiência

O evento, que reuniu pessoas com deficiência, familiares, especialistas e representantes do poder público, abordou questões cruciais como empregabilidade e cidadania para pcd's

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

O Planetário do Rio foi palco, nesta terça-feira (5/12), da “Jornada da Inclusão, Mais Inclusão e Menos Capacitismo”. O encontro, organizado pelo Secretário Municipal de Trabalho e Renda do Rio, Everton Gomes, trouxe à tona a urgência de criar espaços inclusivos em vez de segregar pessoas com deficiência.

Ele enfatizou a necessidade de transformar essa luta em ações práticas em todos os ambientes. “Hoje, por maior que seja nosso esforço, ele ainda é muito pequeno, e nós ainda precisamos avançar muito no caminho da inclusão” afirmou o Secretário.

O evento, que reuniu pessoas com deficiência, familiares, especialistas e representantes do poder público, abordou questões cruciais como empregabilidade, cidadania, artes plásticas e dança, buscando ampliar a inclusão e acessibilidade na sociedade para esse segmento, que representa quase 25% da população brasileira. Os índices da Pnad Contínua apontam que apenas 29% das PCDs em condições de trabalhar estão empregados.

Um dos destaques foi a presença da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, que montou uma base do programa Trabalha Rio no espaço, cadastrando pessoas com deficiência para processos seletivos de vagas formais. Mais de 700 oportunidades foram divulgadas especificamente para esse público durante a semana.

Advertisement

Leia também

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

‘Guadalupe’, ‘Lobo Júnior’, ‘Fiocruz’ e mais: confira os nomes das 20 estações do BRT Transbrasil

Flavia Cortinova, a Subsecretária da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, ressaltou a importância do “emprego apoiado” que é uma metodologia que busca descobrir as preferências da pessoa com deficiência e prepará-la para a vida laboral, invertendo a lógica convencional dos processos seletivos.

E além disso, a presença da Defensoria Pública do Rio de Janeiro ofereceu suporte jurídico, respondendo a dúvidas sobre benefícios previdenciários e direitos das pessoas com deficiência.

A jornada também proporcionou oficinas com destaque para a “Pele na Tela” que ensinou a reutilização de maquiagens descartadas para pintura de telas, e apresentações artísticas, incluindo a performance de José Jackson Down, que se destaca como dançarino profissional.

Para José, a dança é a prova de que o diagnóstico não define sua vida, demonstrando quebrar barreiras é possível. Sua mãe, Márcia Póvoa, enfatizou o apoio familiar nessa jornada de superação e crescimento pessoal.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Planetário do Rio recebe 'Jornada da Inclusão' para promover a cidadania para pessoas com deficiência

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Planetário do Rio recebe 'Jornada da Inclusão' para promover a cidadania para pessoas com deficiência
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui