PM do Rio busca inspiração no Piauí para combater roubo de celulares

A corporação tem o objetivo conhecer de perto o inovador projeto desenvolvido pelo estado para combater o roubo de celulares

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Durante os dias 17 a 19 de abril, dois oficiais da área de tecnologia da Polícia Militar do Rio de Janeiro embarcarão em uma visita técnica à Secretaria de Segurança do Estado do Piauí. O tenente-coronel Vanildo Sena Lopes e o major Thyago Ferreira Vieira têm como objetivo conhecer de perto o inovador projeto desenvolvido pelo estado nordestino para combater o roubo de celulares. As informações são do portal “Tempo Real”.

O programa de inteligência da polícia do Piauí foi desenvolvido para rastrear os dispositivos a partir de informações obtidas em colaboração com as operadoras de telefonia móvel. Ordens judiciais garantem que as empresas forneçam informações sobre a abertura de novas linhas em dispositivos irregulares. Com um banco de dados que inclui o IMEI, o número único de identificação de cada aparelho, a polícia consegue rastrear a localização de cada celular.

Os resultados do programa são impressionantes: as autoridades do Piauí conseguiram recuperar e devolver aos verdadeiros donos cerca de seis mil aparelhos. No primeiro trimestre deste ano, o índice de roubo de celulares no Piauí registrou uma queda significativa de 44% em comparação com o mesmo período do ano passado. Na capital, Teresina, essa redução chega a 50%, enquanto o número de furtos de aparelhos diminuiu 18%.

Por outro lado, no Rio de Janeiro, os números de roubo de celulares continuam preocupantes. Apenas em fevereiro deste ano, foram registrados 1.683 roubos, de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). Esse volume representou um aumento alarmante de 53% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Advertisement

Fonte: Tempo Real

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp PM do Rio busca inspiração no Piauí para combater roubo de celulares
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui