Polícia Civil adquire aparelhos laser 3D para escaneamento de locais de crime

Com o "laser scanner 3D" é possível rastrear a área de investigação, em um raio de 20 metros, e capturar imagens em 3D de lugares, mesmo em locais sem iluminação

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Aparelhos de laser scanner 3D / Divulgação

A polícia do Estado do Rio de Janeiro ganhou mais uma arma contra o crime: o “laser scanner 3D”, aparelho que permite o escaneamento de cenas e locais de crime ou acidentes. Ao todo, serão 7 equipamentos destinados ao reconhecimento e à visualização de vestígios.

De acordo com a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), com o “laser scanner 3D” é possível rastrear a área de investigação, em um raio de 20 metros, e capturar imagens em 3D de lugares, mesmo em locais sem iluminação. O aparelho, que fica guardado em uma maleta, pode ser transportado para qualquer lugar.

Ao chegar a cena do crime, o perito monta o “laser scanner 3D”, acessa o tablet e executa o rastreamento da área por meio de uma câmera que gira 360 graus. As imagens captadas são transferidas para um laptop ou computador. O conteúdo fica imortalizado, podendo ser consultado sempre que for necessário.

O scanner pode ser usado em reproduções simuladas, já que tem a possibilidade de reproduzir aquele ambiente ou parte da cena. Uma vez que a imagem é em 3D, o policial pode acessar a cena escaneada sem ter que voltar ao local do crime.

Advertisement

Os equipamentos custaram aproximadamente R$ 4 milhões e foram adquiridos em ação conjunta da Superintendência-Geral de Polícia Técnico-Científica (SGPTC),  do Departamento-Geral de Polícia Técnico-Científica (DGPTC), do Departamento-Geral de Administração e Finanças (DGAF), do Departamento-Geral de Contratações e Convênios (DGCC) e da Assessoria de Planejamento e Gestão (Asplan).

Os equipamentos ficarão nas unidades do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), no Centro do Rio e na Barra da Tijuca; na Cidade da Polícia (Cidpol) e nas delegacias de Homicídios da Capital; da Baixada Fluminense; e de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Polícia Civil adquire aparelhos laser 3D para escaneamento de locais de crime
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui