Polícia fecha, em Bonsucesso, escritório que comprava benefícios trabalhistas

Após investigações, agentes da Delegacia de Defraudações chegaram aos criminosos, que comprovam vales transporte, alimentação, refeição e de combustível

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Agentes da Polícia Civil, lotados na Delegacia de Defraudações (DDEF), interditaram em Bonsucesso, na Zona Norte da capital, uma unidade comercial onde eram transacionados benefícios trabalhistas. No local, criminosos compravam cartões de transporte público (Riocard), vales refeição, alimentação e de combustível.

Os policiais também apreenderam anotações de contabilidade, máquinas de cartão e dinheiro vivo.

Nas investigações encabeçadas pela DDEF, os agentes descobriram que os criminosos efetuavam pagamento pelo crédito dos cartões com dinheiro vivo, com taxa de até 55%, na compra do vale-transporte.

Os criminosos foram presos e conduzidos à Delegacia de Defraudações. Eles devem responder por crimes contra a economia popular.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Polícia fecha, em Bonsucesso, escritório que comprava benefícios trabalhistas

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui