Polícia investiga desaparecimento de holandesa em Coelho Neto

Britt Blom é moradora do bairro Jardim Paraíso, em São João de Meriti, na Baixada, e é conhecida como Gringa

A holandesa Britt Blom, de 36 anos, está desaparecida desde o último dia 10 (Foto: Reprodução Facebook)

A Polícia Civil investiga o desaparecimento da holandesa Britt Blom, de 36 anos. Ela não é vista desde o último dia 10. De acordo com amigos, a estrangeira estava a caminho de uma festa em Coelho Neto, Zona Norte do Rio, quando não deu mais notícias sobre seu paradeiro. A notícia foi revelada pelo jornal O Dia.

O registrado na Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT) e encaminhado ao Setor de Descoberta de Paradeiros da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Radicada no Brasil há cerca de 14 anos, Blom é moradora do bairro Jardim Paraíso, em São João de Meriti, na Baixada, e era conhecida como “Gringa”.

De acordo com o relato de um amigo ao jornal O Dia, que preferiu preservar a identidade, os dois combinaram de se encontrar para irem juntos a um evento, mas, em determinado momento, Britt cancelou.
Britt alegou motivos de trabalho e avisou que encontraria o colega já na festa. Desde então, ela não deu mais notícias.

Nas redes sociais, amigos continuam fazendo uma campanha para buscar informações sobre a holandesa. “Gente, eu só quero que a Britt Blom apreça com vida, só isso, mais nada. Ela me ajudou muito quando precisei”, comentou uma amiga.

“Vou deixar uma coisa bem clara: Britt Blom sempre foi uma pessoa boa de coração e humilde”, finalizou.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Segundo o Balanço Geral da Record RJ ela morou 10 anos e São Paulo, o te tem uma filha, sob os cuidados do pai, mas veio para o Rio, onde mora nos anos, tendo deixado imóveis em SP de que recebe alugueis para ajudar a se manter…
    Portanto, tem que investigar os contatos dela no RJ e SP.
    Que escolha hein, a pessoa com estudos e conhecimento ir pra Baixada Fluminense, morar sozinha em uma casa… segundo a matéria do Balanço Geral, área de risco… eu jamais moraria sozinho numa casa em área de risco.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui