Polícia investiga envenenamento de mais de 40 cães em condomínio na Barra da Tijuca

Todos os cães deram entrada em clínicas veterinárias com o mesmo quadro de intoxicação; seis deles morreram

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
A cadelinha Mel foi uma das que morreu. — Foto: Arquivo pessoal/ Reprodução

Após a denúncia de moradores e veterinários do Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, a polícia investiga o envenenamento de mais de 40 cachorros desde o mês de maio. Todos deram entrada em clínicas veterinárias com o mesmo quadro de intoxicação – seis deles morreram.

Um grupo de moradores da região suspeita que a administração de um prédio estaria colocando veneno para matar plantas e ratos, e, acidentalmente, contaminava os cachorros, que começavam a passar mal depois de passear em um trecho do Jardim Oceânico, entre as ruas John Kennedy e Ivone Cavaleiro.

O presidente da Comissão de Defesa dos Animais da Câmara Municipal do Rio, Luiz Ramos Filho, acionou a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, para que apure o caso, e a Comlurb, para fazer a limpeza dos canteiros de todo o bairro.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Polícia investiga envenenamento de mais de 40 cães em condomínio na Barra da Tijuca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui