Polícia prende falso médico que atuava em hospital na Zona Norte

O falso médico também é investigado por atuação em clínicas clandestinas para criminosos, financiadas pelo tráfico de drogas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Jonny Teixeira Carreiros, de 38 anos, foi detido por policiais civis e federais, no Rio de Janeiro, pelo exercício ilegal da medicina e outros crimes. O falso médico, que foi preso em flagrante, usava o uniforme da empresa de transporte de pacientes em que trabalhava. Na ocasião, Jonny Teixeira Carreiros estava em um hospital, na Zona Norte da cidade. Ele ainda tentou esconder um carimbo que usava.

Carreiros cursou medicina na Argentina, mas não fez a validação requerida para o exercício da profissão no Brasil. A polícia investiga ainda a sua atuação em clínicas clandestinas para criminosos, financiadas pelo tráfico de drogas. O falso médico será indiciado por falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão. Em caso de condenação, ele pode pegar até nove anos de prisão.

Jonny Teixeira Carreiros também foi alvo de uma operação da Polícia Federal realizada, nesta quinta-feira (9), para cumprir 11 mandados de busca e apreensão no Rio, e em Minas Gerais. Durante a ação, os policiais apreenderam diplomas e históricos escolares falsos de universidades públicas da Bahia, que seriam vendidos por até R$ 100 mil.

De acordo com as investigações, Jonny e outras 17 pessoas, em posse da documentação falsa, entraram com pedidos de registro profissional no Conselho Regional de Medicina do Rio (CRM-RJ). Algumas pessoas conseguiram uma licença provisória. Mas ao descobrir a farsa, o CRM cassou os registros.

Advertisement

As informações são do SBT News.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Polícia prende falso médico que atuava em hospital na Zona Norte
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui