Polícia prende, no Centro do Rio, falso motorista de aplicativo que aplicava ‘golpe da maquininha’

Segundo a Polícia Civil, o “golpe da maquininha” consiste na alteração do valor das corridas pagas por meio de cartão

Imagem meramente ilustrativa - Foto: Divulgação

Agentes da Polícia Civil prenderam, na tarde desta quinta-feira (8), um homem que se passava por motorista de aplicativo para aplicar o “golpe da maquininha.” Maxwel dos Santos Martins foi denunciado por uma passageira que embarcou na Rodoviária Novo Rio. Ao chegar ao destino pretendido, a mulher percebeu que o valor cobrado foi muito acima do mostrado no aplicativo, segundo a Polícia.

De acordo com os investigadores, o “golpe da maquininha”, aplicado por Maxwel, consiste na alteração do valor das corridas pagas por meio de cartão. Ao verificar o saldo bancário depois da corrida, a vítima verificou que havia sido lesada. Diante da informação, a mulher procurou a delegacia de polícia para registrar um boletim de ocorrência.

Maxwel dos Santos Martins foi localizado na Rua Mem de Sá, na Lapa, no Centro da cidade. A prisão foi feita por policiais da 17ª DP (São Cristóvão), delegacia na qual a vítima registrou a ocorrência.

O criminoso já era investigado por estelionato e associação criminosa. Maxwel foi encaminhado para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio.

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui