Polícia realiza operação para identificar suspeitos de roubar cartões do Supera RJ em Magé

Uma quadrilha roubou mais de mil cartões do auxílio em agosto e o crime pode gerar um prejuízo de 500 mil aos cofres públicos caso os criminosos tenham desbloqueado o acesso ao benefício

Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, (14/10), a Polícia Civil realiza uma operação para cumprir três mandados de prisão dos suspeitos de roubar quase dois mil cartões do Supera RJ. Os agentes ainda cumprem sete mandados de busca e apreensão na cidade do Rio e na Baixada Fluminense.

No dia 6 de agosto os suspeitos roubaram 1.679 cartões do auxílio no Sine Magé, prédio onde era realizada a entrega dos cartões, em Magé, na Baixada Fluminense. Depois do roubo, eles trancaram as vítimas na cozinha do imóvel.

O lucro do crime pode chegar até a R$503.700,00, caso os criminosos tenham conseguido desbloquear os cartões.

A investigação identificou os carros usados pelos criminosos e três envolvidos, um deles o que dirigiu o carro que ficou na frente do local do roubo dando cobertura e estava acompanhado de uma mulher.

A corporação informa que a investigação prossegue para identificar os demais autores e os vínculos com outros desvios dos cartões SUPERA RJ e o recebimento dos valores com as descargas dos cartões.

O auxílio varia entre R$280,00 a R$380,00 e visa enfrentar a vulnerabilidade financeira que a pandemia trouxe com o desemprego e perca de renda. Além do prejuízo para o Estado, o atraso no recebimento desse auxílio prejudica milhares de famílias que contam com esse dinheiro.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui