Polícia realiza operação para identificar suspeitos de roubar cartões do Supera RJ em Magé

Uma quadrilha roubou mais de mil cartões do auxílio em agosto e o crime pode gerar um prejuízo de 500 mil aos cofres públicos caso os criminosos tenham desbloqueado o acesso ao benefício

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, (14/10), a Polícia Civil realiza uma operação para cumprir três mandados de prisão dos suspeitos de roubar quase dois mil cartões do Supera RJ. Os agentes ainda cumprem sete mandados de busca e apreensão na cidade do Rio e na Baixada Fluminense.

No dia 6 de agosto os suspeitos roubaram 1.679 cartões do auxílio no Sine Magé, prédio onde era realizada a entrega dos cartões, em Magé, na Baixada Fluminense. Depois do roubo, eles trancaram as vítimas na cozinha do imóvel.

O lucro do crime pode chegar até a R$503.700,00, caso os criminosos tenham conseguido desbloquear os cartões.

A investigação identificou os carros usados pelos criminosos e três envolvidos, um deles o que dirigiu o carro que ficou na frente do local do roubo dando cobertura e estava acompanhado de uma mulher.

Advertisement

Leia também

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

A corporação informa que a investigação prossegue para identificar os demais autores e os vínculos com outros desvios dos cartões SUPERA RJ e o recebimento dos valores com as descargas dos cartões.

O auxílio varia entre R$280,00 a R$380,00 e visa enfrentar a vulnerabilidade financeira que a pandemia trouxe com o desemprego e perca de renda. Além do prejuízo para o Estado, o atraso no recebimento desse auxílio prejudica milhares de famílias que contam com esse dinheiro.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Polícia realiza operação para identificar suspeitos de roubar cartões do Supera RJ em Magé

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui