Policiais da Core começam a usar câmeras no uniforme nesta segunda-feira

Depois da PM e do Bope, policiais civis também passaram a atuar com câmeras acopladas ao corpo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
FOTO: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Depois do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope), os policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil do Rio de Janeiro começaram, nesta segunda-feira (22/01) a realizar ações com câmeras operacionais portáteis em seus uniformes (body cam). A medida foi publicada pelo Secretário de Estado de Polícia Civil na edição do Diário Oficial do estado na quinta-feira (11).

Neste primeiro momento, contudo, apenas 100 agentes da Força Especial da Polícia Civil utilizaram o equipamento. O uso de câmeras corporais segue determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) e teve início no começo do ano para as forças especiais da Polícia Militar do Rio.

Segundo o ato do secretário de Polícia Civil, os policiais civis do Core deverão usar as câmeras no exercício de atividades operacionais de sua atribuição também nas viaturas e aeronaves

A Subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional será a responsável pelo cronograma de treinamento para o uso do equipamento.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Além da instalação das câmeras, a decisão do Supremo que determina o uso estabelece que as imagens captadas sejam armazenadas e compartilhadas com o Ministério Público, a Defensoria Pública e vítimas de violência policial, quando solicitadas.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Policiais da Core começam a usar câmeras no uniforme nesta segunda-feira

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Partem do pressuposto que toda a Polícia prática abuso e tem que ser monitorada…

    A determinação de utilização indiscriminada de câmeras por toda Polícia é uma vergonhosa intromissão do Judiciário em assunto do Executivo e Legislativo.

    O país não tem um modelo de federalismo sério com autonomia dos estados da federação sem abuso dos poderes da União.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui