‘Portelinha’ pode se tornar Patrimônio Imaterial e Cultural do estado do Rio

A finalidade da proposta é resguardar a história e preservar a cultura do samba no RJ; o projeto de lei aguarda a aprovação do governador Cláudio Castro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Na tarde de terça-feira, (04/10), o plenário da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou por unanimidade um projeto de lei para conceder a “Portelinha”, administrada pela velha guarda da Portela, no bairro de Oswaldo Cruz, o título de Patrimônio Imaterial e Cultural do estado. De acordo com o autor da proposta, o deputado Dionísio Lins (Progressistas), a finalidade dela é resguardar a história e preservar a cultura do samba.

O local, na Estrada do Portela, sedia grande rodas de samba, além de contar com a realização da Feira das Yabás em frente à sede e o baile da terceira idade.

“O local é administrado pela respeitável velha guarda da Portela que, em 1972, com a ascensão da agremiação, tornou-se pequena e foi transferida para Rua Clara Nunes, nº 81, onde está localizada hoje a quadra da escola e que ganhou o apelido de Portelão”, relembrou Dionísio Lins. O autor da prosta afirma que a “Portelinha” reúne grandes pensamentos sobre a cultura, a história e a vivência do samba e por isso deve ser preservada.

Após a aprovação na Alerj, o projeto de lei seguirá agora para a sanção do governador Cláudio Castro (PL). O chefe do Executivo fluminense terá o prazo de 15 dias para aprovar ou vetar o texto.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp ‘Portelinha’ pode se tornar Patrimônio Imaterial e Cultural do estado do Rio

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 ‘Portelinha’ pode se tornar Patrimônio Imaterial e Cultural do estado do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui