Postes de tecnologia 5G são retirados da Praia de Copacabana, após protestos de moradores

Mesmo tendo autorizado a instalação dos equipamentos, o prefeito Eduardo Paes (PSD) reclamou no Twitter que postes seriam “feios”

Postes 5G em Copacabana/Reprodução

Após inúmeros protestos de moradores de Copacabana e Leme, sobre a instalação de postes de 18 metros de altura no canteiro central da orla da Zona Sul da cidade, a Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu realizar uma reavaliação, junto a operadoras de telefonia, sobre a substituição dos postes de iluminação da orla e outros pontos da cidade que pudessem integrar os pontos de tecnologia 5G. Por ora, a troca dos modelos está suspensa até o início de janeiro.

O modelo de poste havia sido aprovado também pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), que, depois da polêmica, também decidiu avaliar se mantém o modelo ou lança mão de alternativas. A substituição do mobiliário será definida entre a Secretaria de Conservação, a Rio Luz, o IRPH e as operadoras de telefonia.

A operadora Tim deu início a retirada dos postes já instalados entre os postos 1 e 6, em Copacabana, na noite desta segunda-feira (12). Em determinados pontos da orla de Copacabana era possível verificar uma interferência visual da paisagem, a partir da calçada, rumo ao Forte de Copacabana. Até o início da tarde desta terça-feira (13), cinco dos oito postes já haviam sido retirados.

Mesmo tendo autorizado a instalação dos equipamentos, o prefeito Eduardo Paes (PSD) reclamou no Twitter que postes seriam “feios” e que a ordem do poder público municipal era de que estruturas só fossem instaladas na cidade depois da retirada das mais antigas.

Advertisement

8 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde ! Venho deixa meu comentário , caso mais alguém esteja passando por isso devemos observar .
    Moro na zn ,parada de lucas , nunca tive problema com a Tim ! Sempre funcionou bem ,porém desde que implantaram a antela 5G na região meu sinal 4G ficou uma M.. oscilando,caindo .
    Mais alguém notou isso ?

  2. Como sempre a zona sul sendo tratada como a “filha mimada do Rio” enquanto moradores da zona oeste continuam com ruas esburacadas e cheias de lama, pontos de ônibus sem cobertura e regiões ainda com postes de madeira com fios emaranhados. Agora estaremos muito mais aliviados quando estivemos novamente sem luz porque um poste caiu e arrebentou os fios. Vou estar em casa com agua nos tornozelos e no escuro pensando: “Poxa, estou no escuro e posso pegar uma doença mas ainda bem que a vista dos prédios de luxo de Copacabana continua linda.

  3. Até parece q um poste de sinal de internet vai alterar a imagem d um bairro que já está todo deteriorado com a falta de conversação, segurança, moradores de rua, ladrões e viciados .. sem falar na prostituição!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui