Por André Delacerda

Rafaela por Bruno Costa Depois de alguns meses de férias daqui do Diário, vou tentar voltar ao ritmo dos post, final do ano passado foi bastante corrido. O post de hoje é sobre ir a praia a noite. Um hábito que tem ganho o gosto do carioca.

Bem, sempre gostei de ir a praia a noite. É tranquila, a temperatura amena, não tão amena, pelos menos neste verão com temperaturas de 32 graus a noite.

 

Nas últimas semanas tem saído reportagens nos jornais cariocas e na Tv também, sobre este nosso hábito de ir a praia a noite. Nessas reportagens, os cariocas elegeram os melhores lugares para se banhar a noite nas praias da Zona Sul, e os preferidos são o Leme e Arpoador pela iluminação.

O Arpoador realmente nos dias em que o mar está tranquilo, mas parece o Caribe, mesmo a noite. Com a iluminação que se tem na Pedra do Arpoador, a tonalidade da água fica bem clara, além de a temperatura ajudar nos últimos meses. O que se pode ver no neste cantinho da praia de Ipanema, são muitas famílias, idosos, e a juventude, todos se deliciando com o mar.

Já estive nas águas do Arpoadar a noite e é muito bom. Aliás, frequentar as águas do Arpoador a noite é um hábito tradicional tanto para surfistas que aproveitam a iluminação noturna para surf, quanto para os pescadores que ali aproveitam as pedras para sentar e curtir uma boa pescaria.

Eu particularmente gosto de frequentar a praia a noite há anos, já tenho até meus lugares preferidos entre o posto 9 e o 10 em Ipanema. Em especial quando o mar forma piscinas naturais feitas com a areia acumulada. 

Já ia me esquecendo ir a praia em noite de lua é muito bom. É um dos melhores lugares para se apreciar a lua e tomar banho de mar. 

Quem frequenta a praia a noite pode aproveitar joga uma bola, um futvolei, namorar, sentar com a família ali e ter umas boas horas de conversa, e depois dá aquele mergulho. Costumo ficar até três horas dentro da água. Mas algumas recomendações são dadas.

 

Quando o mar estiver revolto evite adentrar nele a noite, mesmo que a iluminação do calçadão ilumine as ondas; o traje de banho é o mesmo do dia, a vantagem é que não precisa-se usar o protetor solar; evite levar objetos de valor para praia, nunca se sabe quem pode está por perto, e surpresas indesejadas não são bem vindas; se você não se sente seguro em dá um mergulho a noite, leve um amigo; evite adentrar bastante o mar, afinal estamos falando de banho de mar a noite, quando em alguns trechos a luminosidade não é tão boa, todo cuidado é pouco.

No mais, aproveite o clima que está fazendo na cidade, e se refresque a noite nas praias cariocas, garanto que vai ser uma sensação indescritível e você vai virar fã deste hábito. Eu assino embaixo.

 

Foto: Rafaela por Bruno Costa

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui