Edifício sede da Petrobras por Jeff Belmonte Está aí algo que ninguém quer vencer, de acordo com o site Virtual Tourist na sua edição de 2009 dos “10 Prédios Mais Feios do Mundo”, o Edifício Sede da Petrobras ficou com um nada honroso 6o lugar. De acordo com o site, “o prédio seria o cruzamento entre uma penitenciária e uma brinquedo Lego inacabado e que lamentavelmente ocuoa um lugar de destaque no Centro da Cidade. Para piorar a situação, o exterior dá a ilusão que o prédio está realmente caindo aos pedaços”.

 

Ouch, particularmente se fosse para escolher uma construção feia no Rio de Janeiro ficaria com a Catedral Metropolitana.

Sobre o prédio da Petrobrás, ele foi projetado em 1967 pelo escritório de arquitetura Forte-Gandolffi Associados, e para eles as formas inusitadas da edificação, suas proporções e os materiais empregados em sua construção, formariam um conjunto harmonioso, com as formas identificadas com a empresa, que transmite a imagem de solidez, vanguardismo, sobriedade e inovação, atributos estes que sempre caracterizaram a Petrobras.

A sede seria na  Presidente Vargas, esquina da rua da Conceição, num terreno que passou a ser conhecido popularmente como "Forte Apache", já que a Petrobras o cercou com madeira, fazendo que, bem, o local parecesse com um Forte. Como na época, o Aterro do Flamengo tinha acabado de ser inaugurado, e em sua execução, foram utilizados materiais (terra, pedra, areia etc) provenientes dentre outros lugares, do desmonte do Morro de Santo Antônio, que propiciou a criação da Esplanada de Santo Antônio.

 

A Prefeitura da Guanabara sugeriu que no local fosse criado, bem ao estilo militar, edificações que representassem grandes instituições, como por exemplo, a Catedral Metropolitana, o BNDES, o BNH e a Petrobras. E propôs uma troca entre os terrenos.

 

Mais sobre o Edifício Sede da Petrobrás.

Via Lista 10

 

Foto: Edifício sede da Petrobras por Jeff Belmonte

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui