Prefeito de Niterói terá de se contentar com 69 secretarias – Bastidores do Rio

A nada brilhante Alana Passos; o solitário Tarcisio Motta em uma quinta em Brasília; Hospital Badim parece seguir legislação diferente

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Daniel Martins/Diário do Rio

Só 69
A Prefeitura de Niterói terminará o ano de 2023 apenas com 69 secretarias. Uma liminar do Poder Judicário cancelou a sessão extraordinária da Câmara de Vereadores que aprovava um projeto de lei criando a septuagésima, a Secretaria das Mulheres na cidade.

Só 69 II
Será que o prefeito consegue lembrar o nome de todos os secretários? Se sim, parabéns. E ainda bem que a cidade não tem mais Diário Oficial em papel. Só para publicar os nomes, seria um gasto enorme de páginas…

Só 69 III
Mas cadê o Ministério Público e o Tribunal de Contas que não veem algo de errado na Prefeitura de um município com 481.749 habitantes tendo tantas pessoas no 1º escalão? Isso dá quase 1 secretário para cada 7 mil niteroienses.

Bola fora
Alana Passos nunca foi uma figura muito brilhante, mas desta vez está de parabéns. Ao criticar a Feira do MST no Centro do Rio, que tem patrocínio de R$ 500 mil da Prefeitura do Rio, perguntou onde estavam os vereadores do Rio que nada fizeram.

Advertisement

Bola fora II
Como Alana parece não acompanhar a Câmara do Rio, nem os vereadores de seu PL, não sabia que o líder máximo do Bolsonarismo no Rio, Carlos Bolsonaro, o Carluxo, já tinha protocolado uma denúncia sobre o assunto no MPRJ e fez questão de falar isso na postagem de Alana no Instagram.

Bola fora III
Carlos Bolsonaro ainda a chamou de leviana e grosseira, lembrando que o vereador Rogério Amorim já tinha se pronunciado sobre o tema na Câmara, protocolado um Requerimento de informações e encaminhado ofício ao Procurador Geral de Justiça do MPRJ.

Bola fora IV
O vereador cri-cri Pedro Duarte, do Novo, tinha feito um reel sobre o mesmo assunto que bombou nas redes, também foi lá e respondeu. Alana acabou apagando o post no Instagram, parece que junto com o que lhe restava de credibilidade política.

Só, sozinho
O deputado federal Tarcísio Motta (PSOL-RJ) estava praticamente sozinho no plenário da Câmara Federal nesta quinta-feira, às 14h, hora marcada pelo presidente Arthur Lira para começar a sessão.

Só, sozinho II
A expectativa do psolista, que é pré-candidato a prefeito do Rio, é que se possa fazer um bom debate sobre o orçamento, mesmo que às vésperas do Natal e do recesso do legislativo, que começa nesta sexta-feira.

Só, Sozinho III
As cadeiras do plenário estão vazias, mas a pauta está lotada de votações decisivas para o futuro do país. O programa que ganhou as eleições precisa estar no orçamento do ano que vem!

Onde já se viu?
O Hospital Badim segue uma legislação diferente do resto do país. Lá, o responsável pelo paciente no CTI é a filha e não a esposa.

Onde já se viu? II
Detalhe: a filha responde a processo com base na Lei Maria da Penha contra a esposa do paciente e por maus tratos contra o próprio pai.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeito de Niterói terá de se contentar com 69 secretarias - Bastidores do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui