Prefeitura dá as boas-vindas a 950 Agentes de Apoio à Educação Especial

Com a incorporação dos novos profissionais, a Secretaria Municipal de Educação passa a contar com 6.500 profissionais voltados para a Educação Especial – um recorde histórico

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Fotos: Marcelo Piu / Prefeitura do Rio

A Rede Municipal de Ensino passa a contar, a partir desta terça-feira (30), com mais 950 Agentes de Apoio à Educação Especial. Os profissionais foram recepcionados pelo prefeito Eduardo Paes e pelo secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, ambos do PSD. Com os novos integrantes, a Secretaria Municipal de Educação (SME) tem em seus quadros 6.500 profissionais voltados para a Educação Especial – um recorde histórico. Agora, para cada quatro alunos há um profissional especializado em atividade. Nos dez anos últimos anos, a rede municipal de ensino registrou a duplicação do número de alunos especiais atendidos, passando de 11.608, em 2013; para 23 mil, em dezembro de 2023.

“Vim aqui dar as boas-vindas para vocês pelo simbolismo disso. Vocês estão entrando na maior rede pública do Brasil. É um prazer e uma honra ter vocês trabalhando conosco. A presença de vocês tem que significar para nós os próximos desafios nesse campo específico da educação e em toda a educação carioca”, afirmou Eduardo Paes durante o evento.

Para reforçar ainda mais a qualidade do ensino destinado aos alunos especiais, a Prefeitura abriu 1.300 vagas para estágio remunerado no Serviço de Apoio à Educação Especial, para este ano letivo. Os estagiários irão ajudar os professores regentes no desenvolvimento da aprendizagem e na superação dos desafios enfrentados pelos alunos.

“Esse é um marco que mostra a prioridade da Educação Especial nessa gestão. Atingimos uma marca histórica de profissionais totalmente dedicados à Educação Especial, o que nos coloca numa proporção muito melhor para conseguir acolher e apoiar os nossos estudantes nesse processo de inclusão, acolhimento e aprendizado. Estamos muito felizes e esperamos que esses novos agentes possam chegar com muita vontade em contribuir com a nossa Rede Municipal de Ensino”, celebrou Renan Ferreirinha.

Advertisement

Leia também

Conheça seis motivos para investir em uma pós-graduação

Aeroporto Santos Dumont pode ser fechado durante o G20, em novembro

A Secretaria Municipal de Educação lançou ainda um novo processo seletivo, para até 950 novas vagas, para o cargo de Agente de Apoio à Educação Especial. As contratações são imediatas e têm duração inicial de seis meses, com possibilidade de prorrogação por mais três.

O Instituto Helena Antipoff, especializado em educação especial no Brasil, é o responsável pela preparação e treinamento dos agentes. Bruna Serpa, diretora da instituição, explicou que a parceria com a Prefeitura do Rio tem como objetivo consolidar a proposta educacional do município de tornar o ensino eficiente e com qualidade.

“Nós estamos formando esses agentes para que eles possam iniciar o ano letivo de forma preparada e, assim, atender a demanda da Rede. A educação hoje vem se preparando para atender todos os alunos de forma igualitária. Entendemos que é um trabalho sensível, que necessita de um olhar aprimorado”, pontou Bruna Serpa.

As funcionárias da Escola Municipal Claudio Besserman Vianna, em Rio das Pedras, Seny Felix e Cibele Ripardo destacaram que a atuação com crianças especiais representa um grande desafio profissional apara elas graças às demandas específicas dos alunos atendidos.

“Para mim será uma grande experiência. Para as crianças representa a inclusão, que é o mais importante. Será um desafio para mim. Ano passado eu trabalhei como assistente de alfabetização e agora vou encarar essa novidade’, disse Seny Felix.

Cibele Ripardo, que já atuava com a educação especial, quer aplicar os conhecimentos adquiridos na universidade na sua nova função.

“É algo mais pessoal do que profissional para mim. Eu era estagiária do município do Rio, onde me propus a realizar um trabalho voltado para a educação especial. O meu TCC é voltado para isso. O mais importante é a inclusão, empatia, é a gente dar acessibilidade para quem tem alguma deficiência”, afirmou a profissional.

Fotos: Marcelo Piu / Prefeitura do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura dá as boas-vindas a 950 Agentes de Apoio à Educação Especial

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui