Prefeitura de Magé elabora operação verão para o uso das cachoeiras locais

Medida é voltada para a preservação do patrimônio ambiental cidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Cachoeira Rio do Ouro, em Magé / Tripadvisor

A Prefeitura de Magé montou a operação verão para que moradores e turistas desfrutem das cachoeiras locais, sem gerar impactos ambientais negativos. Os principais meios de visitação ao patrimônio ambiental aquático são excursões rumo a Cachoeira Grande, Rio do Ouro e Santo Aleixo.

Para que elas ocorram, a Prefeitura de Magé exige solicitação prévia, credenciamento e colocação do selo de identificação nos veículos coletivos (ônibus, vans e micro ônibus).

À Subsecretaria de Turismo deve ser solicitada a autorização para a visitação. Uma vez acionada, a entidade vai verificar a existência de vagas para o dia desejado. As taxas a serem pagas serão comunicadas aos visitantes. O credenciamento anual custa R$ 69,10. Já a licença de acesso por veículo sai a R$ 255,04.

A Secretaria de Meio Ambiente adianta que é terminantemente proibido realizar churrascos, caçar e retirar plantas, emitir som alto e despejar lixo, além de consumir bebidas em garrafas de vidro nas cachoeiras. As infrações de quaisquer determinações são punidas com multa.

Advertisement

Leia também

‘Guadalupe’, ‘Lobo Júnior’, ‘Fiocruz’ e mais: confira os nomes das 20 estações do BRT Transbrasil

Dengue: Ministério da Saúde envia 1º lote de vacinas enquanto RJ intensifica medidas de combate

Pedidos de fiscalização e denúncias podem ser feitos pelo e-mail meioambiente@mage.rj.gov.br.

Informações: Rádio Tupi

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura de Magé elabora operação verão para o uso das cachoeiras locais

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui