Prefeitura do Rio anuncia incentivos financeiros para atletas que forem medalhistas nas próximas competições

Os atletas medalhistas nos Jogos Pan e Parapan-Americanos de Santiago receberão 2 parcelas extras do benefício, enquanto os que conquistarem medalhas em Paris 2024 receberão 5 parcelas extras

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira,

O Prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o Secretário Municipal de Esportes, Guilherme Schleder, receberam, na manhã desta quarta-feira (11/10), os atletas do Time Rio Olímpico e Paralímpico no Palácio da Cidade, em Botafogo. A ocasião marcou o primeiro aniversário da retomada do projeto de investimento no esporte de alto rendimento.

Em meio ao evento, uma notícia foi anunciada: os atletas que conquistarem medalhas nos Jogos Pan-Americanos e Parapan-Americanos de Santiago terão direito a receber duas parcelas adicionais do benefício mensal, enquanto aqueles que se tornarem medalhistas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris 2024 receberão cinco parcelas adicionais.

O projeto Time Rio Olímpico e Paralímpico é fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Rio e os Comitês Olímpico e Paralímpico do Brasil, proporcionando uma bolsa de aproximadamente R$ 8.000 a 36 atletas olímpicos e 24 paralímpicos. Os critérios de seleção dos atletas são definidos pelos comitês, que também realizam avaliações anuais dos beneficiados pelo projeto.

Advertisement

Eduardo Paes expressou sua satisfação com os resultados do programa: “É uma alegria estar aqui comemorando um ano da volta do Time Rio. É óbvio que o que move todo mundo aqui é o desafio e o desejo de competir, mas um incentivo financeiro também é bom, porque permite que essa realidade possa ser mudada.”

O evento também serviu para desejar boa sorte aos atletas que participarão dos Jogos Pan-Americanos, programados para ocorrer entre 20 de outubro e 5 de novembro, e dos Jogos Parapan-Americanos, que acontecerão entre 17 e 26 de novembro, em Santiago, no Chile.

Guilherme Schleder, destacou a importância do programa: “O Time Rio tem sido um amuleto da sorte. Tenho esperança que todos os 60 atletas irão participar dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Há um ano que voltamos com o projeto e agora esses atletas podem contar com um orçamento mensal e se dedicar exclusivamente ao esporte, não precisam fazer outra atividade para complementar sua folha salarial.”

O projeto Time Rio Olímpico foi criado em 2010 durante a primeira gestão de Eduardo Paes e retomado em março de 2022. Já o Time Rio Paralímpico foi criado em 2012 e também retomado no ano passado. E até o momento, 10 atletas olímpicos que fazem parte do projeto já garantiram vaga para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, incluindo atletas como Viviane Lyra (marcha atlética), João Chianca (surfe), Ingrid de Oliveira (saltos ornamentais), Isaac Souza (saltos ornamentais), Guilherme Pereira da Costa (natação), Philipe Chateaubrian (tiro esportivo), e as ginastas Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Lorrane Santos e Rebeca Andrade, todas da equipe de ginástica artística vice-campeã no Mundial da Antuérpia, na Bélgica.

Rogério Sampaio, o Diretor-Geral do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), ressaltou a importância do projeto: “Esse projeto é extremamente importante para o Movimento Olímpico e Paralímpico. Fundamental para os atletas é poder se dedicar integralmente ao esporte. Este programa tem esse objetivo. No início da carreira é fundamental que o atleta tenha um apoio, principalmente quem não tem um patrocinador que permita essa dedicação integral. Não tenho dúvida que, desse grupo que está recebendo o apoio hoje, vários deles voltarão com medalhas. Isso é importante porque são esses atletas que vão inspirar as crianças a virem para o caminho do esporte.”

Mizael Conrado, Presidente do Comitê Paralímpico do Brasil (CPB), também destacou a importância do programa para os atletas e sua expectativa para os próximos Jogos Paralímpicos: “Esse é um Time Rio que ressurge e que será importante para o resultado dos nossos atletas tanto nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago como nos Jogos Paralímpicos de Paris, no ano que vem.”

O evento contou com a presença do Secretário Estadual de Esporte e Lazer, Rafael Picciani.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura do Rio anuncia incentivos financeiros para atletas que forem medalhistas nas próximas competições
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Mas a ajuda olímpica não vem do Ministério do Esporte ou do Comitê Olímpico? Mesp recebe 2,46% e o COB 1,73% das loterias, fora o que vai receber (ou já recebe) das bet’s… Merecia uma explicação da Prefeitura a respeito, senão temos dois pagamentos de bolsa atleta pro mesmo fim.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui