Prefeitura do Rio cria o Conselho Municipal da Moda para incentivar e desenvolver o setor

O objetivo do Conselho é resgatar a tradição e valorizar a moda carioca, impulsionando seu crescimento e reconhecendo sua relevância cultural, turística e econômica

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Sede da Prefeitura do Rio de Janeiro, na Cidade Nova - Foto: Cleomir Tavares/Diário do Rio

Nesta segunda-feira (03/07), o prefeito Eduardo Paes assinou o decreto nº 52816 que estabelece a criação do Conselho Municipal da Moda. Esse órgão tem como objetivo estimular e promover o crescimento da moda carioca, além de orientar políticas públicas e ações direcionadas ao setor.

O Rio de Janeiro sempre foi reconhecido como um dos principais polos de moda no país, com destaque internacional ao longo da história. No entanto, nos últimos tempos, o setor perdeu espaço e importância. O objetivo do Conselho é resgatar essa tradição e valorizar a moda carioca, impulsionando seu crescimento e reconhecendo sua relevância cultural, turística e econômica.

Dentre as atribuições do Conselho de Moda Carioca, está a organização do calendário de eventos e a realização de campanhas para promover tanto o setor varejista quanto o de confecção. A intenção é incentivar empreendedores a investirem na moda, que atualmente conta com cerca de 6 mil empresas e emprega mais de 90 mil trabalhadores. Segundo dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação do Rio, o setor também arrecada mais de R$ 300 milhões em ICMS.

“O Rio é uma cidade global e turística, referência do Brasil para o mundo. E o setor da moda também contribui para esse poder de influência, além de ser um grande vetor de desenvolvimento econômico. A moda atua tanto na indústria, com a fabricação e confecção, como no comércio, espalhado em vários locais do Rio. São Cristóvão é um polo de confecção, e a Barra da Tijuca é o principal bairro do comércio. Vale frisar que esse segmento é um importante empregador, notadamente das mulheres“, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação do Rio, Chicão Bulhões.

Advertisement

O Conselho será composto por representantes da prefeitura, de órgãos públicos e por seis profissionais notórios da indústria da moda. Entre os membros, destaca-se o estilista carioca Carlos Tufvesson, que além de sua experiência no setor, também atua como Coordenador da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio. Tufvesson já havia integrado o Conselho quando foi criado pela primeira vez durante a gestão de Paes em 2012, atuando como presidente.

O objetivo do Conselho Municipal da Moda é fortalecer a parceria entre o poder público e o setor da moda, reconhecendo sua importância econômica e cultural para o Rio de Janeiro. Será uma oportunidade para que as secretarias do governo possam ouvir as demandas e necessidades do setor e, juntos, construírem políticas públicas que impulsionem ainda mais a moda carioca.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura do Rio cria o Conselho Municipal da Moda para incentivar e desenvolver o setor
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. nem tem polo de moda praia até hoje nesta porcaria de lugar… há somente na baixada polos de moda populares, mas na capital até hoje não há nem popular… deve ser mais para preencher cargos para amiguinhos…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui