Prefeitura do Rio dá início às tratativas para revitalizar a área da extinta Gama Filho

Representantes da Subprefeitura da Zona Norte e da Fecomércio avaliam terreno para recuperar as instalações e explorar o potencial cultural e educacional da área

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Nesta semana, o Subprefeito da Zona Norte, Diego Vaz, recebeu representantes da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-RJ), que foram observar a topografia a fim de planejar a reforma e adequação dos prédios e instalações da antiga Universidade Gama Filho, no espaço onde será construído o Parque Piedade.

“O bairro e todo seu entorno têm a necessidade de ver essa área recuperada, oferecendo novas opções de lazer, cultura e ensino. A parceria com a Fecomércio é o que vai ofecerer à prefeitura a oportunidade de criar esse novo espaço ao mesmo tempo em que atendemos essa demanda da população”, afirmou o Subprefeito.

Um levantamento da Fecomércio-RJ apontou que a região tem grande vocação para o ensino, em razão disso, em dois dos quatro prédios, assim que recuperados, ofertarão cursos, oficinas e uma escola de educação infantil. Além de ações no campo educacional, o projeto prevê também a construção de um teatro, de uma biblioteca, de uma galeria de arte e de um parque aquático, exatamente onde funcionava a piscina, que era considerada uma das melhores do país, a fim de manter viva a herança esportiva da extinta Universidade Gama Filho.

“A Gama Filho deixou um legado muito grande com relação à educação. O encerramento das suas atividades causou um vácuo que vamos preencher com esse empreendimento. Vamos manter a vocação educacional, esportiva e cultural que foi durante muitos anos a marca da Gama Filho, e fica como legado para o bairro”, finalizou Vaz.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura do Rio dá início às tratativas para revitalizar a área da extinta Gama Filho
Advertisement

7 COMENTÁRIOS

  1. Eu fui atleta da faculdade ,e muito triste ver como ela esta agora a ugf era um ensino muito respeito no Brasil
    Quem era do rio ou fora da cidade ,se sentia orgulhoso de está estudando nesta faculdade ,era como se tivesse se estudando na UERJ ou na UFRJ ,e vale lembra, que já se formaram gente famosa nesta faculdade! E lamentável que ainda aconteça isto no Brasil!

  2. Procurem aí na Internet, a necessidade que o Brasil está ppr profissionais de medicina, prpfissionais da área de TI, com altos salários pra trazer retorno futuro pra cidade, e esses gestores gananciosos pra ganhar dinheiro com superfaturamento de obras colocam um campus gigantesco no chão.

  3. Demolir parte de uma faculdade pra fazer um parque… pelo amor de Deus, o último a sair apague a luz. Esse campus da Gama Filho é um ícone na história do Rio de Janeiro. É um dever nosso preservar esse legado. De que forma? Se nenhum grupo educacional se propõe a adquirir, que se incorpore esse campus à UERJ, UFRJ , tem que negociar!! A gente tem lido todoa os dias que faltam medicos pelo Brasil, o Brasil tem que “importar” medicos de outros países… e a Prefeitura do rio de Janeiro pega toda uma estrutura pronta, de uma grande universidade e poe abaixo pra criar parque, biblioteca e teatro é isso mesmo?? Que m*rda de pessoas voces querem formar nessa cidade??? So se investe dinheiro em porcaria, em coisas que não preparam a cidade pra um futuro de concorrência, de competição. Já existe uma biblioteca gigantesca que foi construida na central, esquina com praça da República, existe outra gigantesca na Cinelândia, entre várias outras espalhadas pela cidade. Pelo amor de Deus, parem de jogar dinheiro publicp no ralo, com desvios… É um crime demolir uma Universidade que tem a história do Rio, uma estrutura promta podendo ser utilizada em prol da educação superior desta cidade, que é o que precisa avançar. Implodir tudo isso pra fazer parque??? Sinceramente, eu me pergunto de onde esse Estado e essa ptefeitura vão tirar dinheiro daqui a alguns anos… pq do jeito que tá sendo canalizado o dinheiro público, isso aqui tá só afundando, e cada vez vai ser pior!! Alô Alerj, alô camara municipal, vocês existem??? Não estão vendo o que está sendo feito no antigo campus da UGF nao??

  4. Isso é brincadeira, depois de tudo destruído que querem revitalização, porque não mantiveram a faculdade enquanto estava de pé? Porquê essa é a pergunta se deixou um legado a piscina era a melhor, e aí qual é a resposta, te digo para poder superfaturamento de obra e arrecadação de dinheiro público

    • Sorte que Universidade tinha uma piscina dentro, que é a unica coisa que interessa prp Prefeito e que dá voto. Se não tivesse piscina, não ia ser parque, aí iam fazer é piscinão!!! Tá na moda fazer piscinão, é isso que dá voto meu camarada, joga a areia ali, enche de água e arrecada voto depois!! Educação que se f*da, o negócio é voto. Investir em diversão é que da voto e dá pra superfaturar.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui