Prefeitura do Rio derruba construções irregulares em Jacarepaguá

Entre os estabelecimentos sem alvará estão quiosques, trailers, lava-jatos e até construções de alvenaria

Foto: Prefeitura do Rio

A Secretaria de Ordem Pública e a Subprefeitura de Jacarepaguá realizam, na manhã desta quarta-feira, (18/05), uma operação para a demolição de 20 construções irregulares na Avenida Marisa Letícia Lula da Silva, na Colônia Juliano Moreira, Zona Oeste do Rio. A ação vai derrubar boxes, quiosques, trailers, lava-jatos e construções de alvenaria feitas sem nenhuma autorização da Prefeitura. Todos tinham sido notificados previamente.

O secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale, afirmou que no ano passado a secretária fez uma operação na região, porém por influencia do crime organizado o local voltou a ser ocupado. “O grande foco dessas ações é preservar a vida dessas pessoas, impedir o crescimento desordenado da cidade e também asfixiar o crime organizado em suas finanças. Seguiremos firmes realizando essas operações para retomar a ordem pública no Rio de Janeiro”, destacou o secretário.

Durante a operação foram constatadas também diversas ligações clandestinas de água e de luz. Além da Secretaria de Ordem Pública e da Subprefeitura de Jacarepaguá, também participam da ação a Secretaria de Conservação, Guarda Municipal, Rioluz, Light, Iguá, Comlurb, além de apoio da Polícia Militar.

“Estamos combatendo as construções irregulares, nesse caso aqui à beira de um canal, em um loteamento de área pública. A área estava sendo alugada para comércio, para construções de alvenaria. Encontramos até construções de banheiros, com despejo de resíduos dentro do canal, além de ligações clandestinas de água e luz”, disse a subprefeita de Jacarepaguá, Talita Galhardo, que completou falando “um verdadeiro absurdo! Não podemos permitir esse tipo de irregularidades”.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui