Prefeitura do Rio inaugura a Praça Edson Cortes, na Glória

O local, antes sem nome, passou por uma requalificação completa e foi batizado em homenagem ao pioneiro das rodas de samba da área e fundador do grupo de samba Galocantô, morto em 2018

Foto: Beth Santos / Prefeitura do Rio

Na véspera do Natal, a população carioca recebeu de presente um espaço de lazer totalmente reformulado. No último sábado, (24/12), a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação e em parceria com a Subprefeitura da Zona Sul, inaugurou a primeira área do projeto Dias de Glória: a Praça Edson Cortes, situada entre a Avenida Augusto Severo, o Largo da Glória e a Praça Paris. O local, antes sem nome, passou por uma requalificação completa e foi batizado em homenagem ao pioneiro das rodas de samba da área e fundador do grupo de samba Galocantô, morto em 2018.

“A Secretaria de Conservação fez um trabalho incrível, a Glória é o bairro mais bonito do Rio de Janeiro. A Glória é chique. Iniciamos aqui um novo modelo de urbanização e peço que cuidem da cidade, essa obra foi feita com dinheiro público, com dinheiro do imposto de vocês”, afirmou o prefeito Eduardo Paes, frisando a importância de se homenagear Edson Cortes, uma pessoa que tem a história, a identidade e raízes com o bairro.

O projeto Dias de Glória promove uma grande revitalização em um dos bairros mais antigos da cidade. A região foi dividida em 14 áreas para que, até o segundo semestre de 2023, cariocas e turistas redescubram o prazer de circular por locais que contam um pouco da história carioca. Entre as ações executadas estão: requalificação de praças; recuperação do asfalto das principais vias de circulação no entorno do bairro; recuperação de pisos em pedras portuguesas e cimento; recomposição de saibro e grama; reposição de grelhas e tampões e recuperação de golas de árvores.

Foto: Beth Santos / Prefeitura do Rio

Nova estrutura para lazer e cultura

A Praça Edson Cortes, tradicional reduto de rodas de samba no bairro da Glória, foi totalmente remodelada. O projeto, elaborado por arquitetos da Conservação, trouxe novos elementos, tendo o cuidado de manter o traçado urbanístico original e levando em conta o tombamento da região. O espaço ganhou um palco de 52 metros quadrados e uma rota acessível em todo o entorno, que incluiu a construção de três rampas de acessibilidade. Além disso, nove postes históricos passaram por restauro e houve a instalação de uma Academia da Terceira Idade e equipamento de ginástica com aparelhos para quem quiser se exercitar a céu aberto.

“Essa homenagem, na véspera de Natal, é o melhor presente que os moradores da Glória poderiam receber. Quem conheceu essa praça antes dessa obra sabia que era um logradouro público largado, onde nós, os produtores culturais, ocupávamos para poder dar vida ao lugar. Isso aqui é uma conquista da sociedade civil, com essa homenagem ao Edson Cortes, um sambista ilustre e um dos fundadores do movimento de rodas de samba na Glória”, disse o produtor cultural do movimento de rodas de samba da Glória, Marcelo Santos.

Para as crianças, foi instalado um playground com oito brinquedos. Essa área foi cercada por um gradil, de forma a manter meninos e meninas em segurança. “Tivemos a preocupação de preservar o uso consagrado da praça para as rodas de samba e, ao mesmo tempo, resgatar sua vocação para área de convivência e oferecer atividades ao ar livre para todas as idades”, explicou a secretária de Conservação, Anna Laura Valente Secco.

Na parte de paisagismo, as equipes plantaram seis árvores na área da praça e grama nos jardins. Como complemento, 42 golas de árvore receberam forração com grama amendoim.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui