Prefeitura do Rio inaugura centro de atendimento para jovens com Transtorno do Espectro Autista

O espaço, situado no Centro Municipal de Reabilitação Instituto Oscar Clark, visa atender crianças e adolescentes de zero a 18 anos com autismo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Edu Kapps/SMS

A Prefeitura do Rio de Janeiro inaugurou, na manhã desta quarta-feira (31/01), o primeiro Centro de Estímulo ao Desenvolvimento no Transtorno do Espectro Autista (TEA) da cidade. O espaço, situado no Centro Municipal de Reabilitação Instituto Oscar Clark, no Maracanã, visa atender crianças e adolescentes de zero a 18 anos com autismo, proporcionando suporte tanto aos pacientes quanto às suas famílias.

O Prefeito do Rio, Eduardo Paes, destacou a importância do novo espaço, afirmando que este não apenas cuidará das pessoas com transtorno do espectro autista, mas também oferecerá apoio fundamental aos familiares desses pacientes. “As famílias terão aqui todo o suporte necessário para entender melhor como lidar com o autismo, e os pacientes vão receber todo o tratamento necessário para que possam ter uma vida melhor.” ressaltou.

O Centro de Estímulo ao Desenvolvimento no TEA apresenta um projeto terapêutico individualizado e multiprofissional para cada paciente, abrangendo especialidades como fonoaudiologia, psicologia, terapia ocupacional e musicoterapia. O espaço, com a capacidade de realizar até 150 atendimentos por semana, se destina a pacientes identificados previamente na rede de Atenção Primária do município.

O ambiente foi projetado para ser lúdico e acolhedor, incluindo uma sala sensorial com equipamentos diversos, como tirolesa e parede de escalada. E além disso, há uma sala de interação coletiva para atividades em grupo, jogos que estimulam a comunicação, a fala e a interação social, e consultórios multiprofissionais para consultas individuais.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

O Secretário de Saúde, Daniel Soranz, enfatizou a importância do Instituto Oscar Clark, a principal unidade de reabilitação do município, que agora conta com um espaço dedicado ao tratamento do transtorno do espectro autista. “O centro é um espaço para acolher as famílias para que possamos realizar o tratamento. Essa é a nossa primeira unidade e esperamos ampliar nossa rede de atendimento para, de fato, fazer um cuidado que é fundamental para essas famílias.” comentou.

A sala do “aconchego” proporciona um ambiente confortável para crianças lidarem com quadros de agitação, com poucos estímulos. A unidade também disponibiliza brinquedos terapêuticos e instrumentos musicais para estimular o desenvolvimento infantil.

O acesso ao serviço requer avaliação em Clínica da Família ou Centro Municipal de Saúde, onde serão realizados testes diagnósticos recomendados. E os pacientes encaminhados pelo Sistema de Regulação (SISREG) terão acesso ao atendimento especializado.

O Centro de Estímulo ao Desenvolvimento no TEA no Maracanã é a primeira unidade especializada inaugurada no município, com planos de abertura de novos espaços pela cidade até dezembro. E além de atender pessoas com autismo, a unidade fornecerá capacitação a agentes e profissionais de saúde da Atenção Primária para um acolhimento especializado dos pacientes.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura do Rio inaugura centro de atendimento para jovens com Transtorno do Espectro Autista

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui