Prefeitura do Rio investe R$ 24,6 milhões em revitalização de 16 ruas do Saara

Maior shopping a céu aberto do Estado, a região será contemplada com novo calçamento, alterações no sistema de drenagem, entre outras intervenções

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Saara, no centro do Rio. | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

Com investimento estimado em R$ 24,6 milhões, a Prefeitura do Rio de Janeiro pretende reurbanizar 16 ruas do tradicional mercado popular, o Saara, no Centro da cidade. As obras, que tiveram início no final de abril, ainda estão na fase topográfica e de montagem de canteiros. De acordo com a administração municipal, o trabalho deve durar, pelo menos, dois anos.

A finalidade das intervenções, nos 190 mil m² de área, é de proporcionar maior bem-estar e acessibilidade aos moradores da região, segundo a secretária municipal de Infraestrutura, Jessick Trairi.

 “A última obra feita nesta região foi em 1990. De lá para cá, muita coisa mudou, modernizou. As maiores cidades do mundo têm feito intervenções para melhorar a circulação de pedestres nos grandes centros comerciais. Estamos preparando essa área para atender os futuros moradores do entorno, tornando-a mais agradável e acessível”, afirmou a secretária.

Maior shopping a céu aberto do Estado, o Saara será contemplado com novo calçamento, alterações no sistema de drenagem e sinalização de trânsito. Ruas exclusivas para pedestres, como Alfândega e Senhor dos Passos e vias transversais, terão as calçadas de pedra portuguesa substituídas por um piso intertravado nivelado, para permitir um trânsito mais seguro aos pedestres.

Advertisement

Leia também

Vacinação contra Dengue na capital inicia nesta sexta-feira para crianças de 10 anos

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

A movimentada Rua Buenos Aires será beneficiada com nova pavimentação, elevação de piso nas esquinas para facilitar a travessias dos transeuntes, além do ordenamento das baias de estacionamento. Já Avenida Passos, pela qual transitam a maior parte da frota de veículos e de ônibus que passam pelo Centro, abrigará três pistas de rolamento, sendo uma para BRS e duas para veículos. As calçadas também serão revitalizadas, tornando-se mais espaçosas.

Baixo as ruas que serão revitalizadas:

Alfândega

Senhor dos Passos

Buenos Aires

Luiz de Camões

Tomé de Souza

República do Líbano

Regente Feijó

Gonçalves Ledo

Imperatriz Leopoldina

Conceição

Andradas

Armando Sales Oliveira

O Beco do Tesouro, e a Praça do Mascate também passarão por intervenções estruturais.

A Sociedade de Amigos e Adjacências da Rua da Alfândega (Saara) foi criada, em 1962, sendo desde o início, reconhecida como uma região onde imigrantes, como judeus, sírios e libaneses, puderam conviver sem os atritos das suas regiões origem. Com mais de 1.200 lojas, o polo é um grande shopping a céu aberto. O Saara está cercado pelos teatros Carlos Gomes e João Caetano, além da Biblioteca Estadual Popular e do Real Gabinete Português de Literatura – compondo um importante corredor cultural.

As informações são do Diário do Porto.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura do Rio investe R$ 24,6 milhões em revitalização de 16 ruas do Saara

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Se manter a arquitetura do período colonial vai atrair mais turistas para a região do Saara, igual as ruas dos grandes centros históricos da Europa.

  2. A Av. Passos é larga o suficiente para conter também estrutura cicloviária. A prefeitura vai perder esta oportunidade de modernizar a via? Será lamentável.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui