Prefeitura do Rio investiu mais de R$ 414 milhões em merenda escolar na Zona Oeste desde 2021

Zona Oeste carioca conta com 725 unidades escolares vinculadas ao Município, sendo quase 470 mil alunos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Alunos de escola municipal do Rio de Janeiro - Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio de Janeiro tem investido em melhorias na merenda de alunos vinculados à Rede Pública Municipal de Ensino. Na Zona Oeste, por exemplo, que conta com 725 unidades escolares e quase 470 mil estudantes, são servidas mais de 186 mil toneladas de alimentos por dia, ao todo.

Desde o início do atual mandato de Eduardo Paes, em janeiro de 2021, o Poder Executivo carioca, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), gastou mais de R$ 414 milhões em merenda escolar na Zona Oeste.

De acordo com a Prefeitura, visando garantir a qualidade da merenda dos alunos, há um sistema focado na boa nutrição, alinhado às diretrizes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Advertisement

Com abordagem inovadora, ele é pautado por cardápios saudáveis, variados e elaborados por profissionais especializados do Instituto de Nutrição Annes Dias (Inad), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde. Vale ressaltar que a iniciativa se tornou referência no cenário nacional.

Os alimentos oferecidos aos alunos são cuidadosamente preparados nas cozinhas das escolas por agentes de preparo de alimentos (Apas), que têm contratos com a SME. Os colégios municipais não mantêm cantinas há mais de 20 anos.

Desde 2023, os alimentos ultraprocessados foram abolidos do cardápio das escolas administradas pela Prefeitura do Rio. Refrigerantes, doces, biscoitos recheados e frituras foram vetados para que a alimentação dos alunos seja nutritiva e equilibrada.

Menu saudável

O cardápio nas escolas municipais do Rio tem como base o arroz e o feijão, servidos diariamente. A carne, bovina ou fígado, é oferecida duas vezes por semana, assim como o frango.

O ovo, por sua vez, é servido uma vez por semana. Todos os dias, há ao menos uma oferta de vegetal na merenda. Os biscoitos são servidos apenas em dois tipos: maisena e água e sal, sem recheio. Já o leite disponibilizado é proveniente da agricultura familiar.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura do Rio investiu mais de R$ 414 milhões em merenda escolar na Zona Oeste desde 2021
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui