Prefeitura do Rio lança ‘Mapa do Trabalhador Carioca’ para auxiliar na estruturação de políticas públicas

A plataforma visa a obtenção de dados que vão revelar quem é o trabalhador carioca, seus anseios e necessidades

Foto: Secretaria Municial do Trabalho e Emprego

A Secretaria Municipal de Trabalho e Renda do Rio (SMTE), por intermédio de seu Observatório Carioca do Trabalho, lançou, na última quarta-feira (09/08), o Mapa do Trabalhador Carioca. A iniciativa visa a estruturação de políticas públicas de auxílio ao trabalhador a partir da obtenção de dados que vão revelar quem é o trabalhador carioca, seus anseios e necessidades. O lançamento foi realizado na sede da Unidade de Desenvolvimento de Economia Solidária (UDES), na Praça da República, no Centro.

No evento foi apresentado ao público presente a plataforma online que é integrada ao Participa.Rio. E por meio dela os cariocas serão convidados a responder a um questionário sobre a sua realidade de trabalho, o desejo de empreender e a afinidade do trabalhador com o mundo dos empregos verdes e os temas da sustentabilidade, entre diversas outras questões.

A partir dos dados extraídos da coleta dos questionários digitais, o Observatório Carioca do Trabalho cruzará as informações com outras fontes de pesquisa da SMTE e de organizações parceiras, o que subsidiará os próximos passos da pasta na elaboração de políticas públicas de empregabilidade, capacitação e assistência ao trabalhador.

“Essa é uma ferramenta que vai ajudar a secretaria a estruturar as ações de empregabilidade, capacitação e assistência ao trabalhador. E, mais do que isso, os dados produzidos ficarão disponíveis para o público, e poderão servir, por exemplo, às pesquisas produzidas sobre as universidades a respeito do mundo do trabalho” explicou o Secretário de Trabalho e Renda, Everton Gomes.

Nina Albuquerque, Coordenadora do Observatório Carioca do Trabalho, e Aline Xavier, Coordenadora de Estratégias de Planejamento do Escritório de Planejamento da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento do Rio, destacaram a colaboração conjunta ao longo do desenvolvimento do mapa.

Aline Xavier comentou: “Nosso foco é a melhoria das políticas públicas”, acrescentando que mais de 65 mil cariocas já participaram do participa.rio, respondendo a 38 pesquisas.

Já Nina enfatizou: “Queremos saber qual é a situação desse trabalhador acima de 16 anos. Como empresário, empreendedor, como aposentado ou até como desempregado”.

Desde já, o Mapa do Trabalhador Carioca está em destaque na plataforma, que pode ser acessada neste link.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui