Reprodução: Internet

A equipe da Prefeitura do Rio de Janeiro sofreu nova baixa. O chefe de gabinete da Secretaria de Ordem Pública, Ricardo Lasmar Sodré, teve a sua nomeação cancelada em ato publicado no Diário Oficialdo Município do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (15/01). A decisão ocorre após reportagem do “RJTV2” (TV Globo) revelar que Lasmar Sodré é concunhado do delegado Breno Carnevale, secretário de Ordem Pública.

Dessa forma, a nomeação de Lasmar Sodré fere o programa de Integridade criado pelo prefeito Eduardo Paes para desenvolver regras de lisura na gestão administrativa municipal. Um dos artigos do programa, que proíbe nepotismo, incluiu concunhados entre as categorias familiares em que a contratação é proibida.

O “RJ TV 2” destacou que há jurisprudência no Supremo Tribunal Federal (STF) no que diz respeito à nomeação de concunhados configurar nepotismo.

A nomeação de Ricardo Lasmar Sodré e a sua dispensa foram atos do secretário de Integridade Pública, Marcelo Calero, responsável pelas normas de compliance da Prefeitura.

Na quarta-feira (13/01), o secretário de Habitação, Fábio Dalmasso Coutinho, solicitou a sua saída do governo após ser revelado pela imprensa de que ele foi condenado em segunda instância por falsificar um cheque da própria mãe. A nomeação também feria as regras de integridade. Foram 2 baixas na Prefeitura em 48 horas.

O que é complience

Toda empresa possui as suas regras de atuação para o seu bom funcionamento. Todos os funcionários da instituição devem seguir as regras previamente definidas e tornadas públicas. Cabe ao profissional de complience fazer o acompanhamento da instituição para saber se as regras estão sendo cumpridas ou não.

21 COMENTÁRIOS

  1. Aos “fiéis” de pouca memória!
    Esqueceram que o ex prefeito nomeou seu próprio filho Marcelo Hodge Crivella, como secretário-chefe da Casa Civil da prefeitura do Rio de Janeiro?
    fonte: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/02/03/crivella-defende-filho-na-prefeitura-rio-vai-aplaudir.htm.

    Além do filho, Crivella também nomeou sua mulher, Sylvia Jane Crivella, para coordenar a Obra Social na cidade.

    Ele ainda escolheu Jorge Braz de Oliveira, da Igreja Universal, para dirigir o Procon do Rio, mesmo depois de ter dito na campanha que não colocaria em seu governo integrantes da igreja.

    Crivella também teve que voltar atrás de outras de cinco nomeações no início do seu governo:
    A do advogado Arthur Fuks para a Subsecretaria de Inclusão Produtiva, que defendera em redes sociais a morte de presidiários e a prisão para crianças.
    A do delegado federal Bráulio do Carmo Vieira de Melo para Coordenadoria Especial de Transportes Complementares que era réu de um processo por emprego de arma de fogo e uso restrito.
    A do coronel bombeiro Claudio Rosa da Fonseca que já havia sido condenado por uso irregular de recursos públicos.

    A da merendeira e cantora gospel Nilzimar Higino Pereira para um posto na secretaria de Transportes e do professor Paulo Cezar Ribeiro para a CET-Rio.

  2. Começou a malandragem para se protege
    O ministério público tem que aligizar os processos contra Paes sobre as obras de superfaturamento e desvio de verbas e beneficiando a rede Globo com 150 milhões

  3. Governo de pilantra acaba nisso!Ele não deveria nem ter concorrido a prefeitura,quanto menos ser eleito!Mas,infelizmente a maioria preferiu dar um voto “suicida!” Pq a qualquer momento ele pode ser preso!Cabral,Pezão e Luna e Cia foram presos! E só o Paes que até agora tá tirando onda com a justiça! Realmente,só saindo desse país!

  4. Espero que assim seja em todo o mandato, não sou eleitor de Eduardo Paes nem tão pouco gosto dele. Porém espero que ele faça o melhor e que dê certo o seu governo. O Rio precisa dar certo, vamos parar de esperar o mal e vamos esperar o bem, porque só assim o Rio vai voltar ser maravilhoso de novo.

  5. Já trabalhei em órgão público, lá todo mundo sabe da vida de todo mundo, todos sabemos quem é parente de quem, as nomeações são cartas marcadas com muita antecedência, porém o Marcelo Calero o algos de todos os corruptos , o Homem da Moral e Ética apenas se manifestou após a questão ser exposta a publicação de um Jornal e vir a ser público !?
    O que mais Calero deve está fazendo vista grossa ?

  6. Roubar em nome de Deus pode? Quantos barcos e animaus de montaria teria Jesus? Os “iluminados” de hoje têm vários jatos. Acho que Cristo nasceu em época errada…

  7. Pelos comentários a solução para o Rio seria reeleger o falso bispo e político corrupto presidiário Marcelo Crivela, junto com seus guardiões estelionatários, pastores mercadores da fé e fiéis acometidos de uma cegueira de dar dó.
    Povo ignorante merece pastar, assim como o gado “bolsominion”. Não conseguem ler e interpretar uma matéria. Lamentável!

  8. Eu vejo uma série de comentários usando a matéria para citar vprováveis futuras corrupções do Prefeito, mas a matéria é justamente sobre ele ter criado regras éticas para todos os nomeados, e estar exonerando/cancelando a nomeação dos que descobriram ferir essas regras…
    Não entendi os comentários das outras pessoas… Parecem comentários cegos

    • São comentários de “analfabetos funcionais”. Sabem ler; mas, não possuem capacidade para interpretar o significado. Estes sujeitos são facilmente manipulados por pastores mercadores da fé, falsos bispos e apóstolos, famílias de políticos milicianos, juízes golpistas e outros sujeitos asquerosos, espíritos caídos.

  9. Infelizmente, o povo carioca entendeu que colocar de volta um corrupto seria a solução.
    Quem nada tem com isso, vai ter que aguentar a roubalheira, mais uma vez.
    RJ continuará pagando pelos erros dos outros.

  10. Eduardo paes nos seus primeiros 15 dias de prefeitura já começou a penas perseguir e perturbar o pobre trabalhador informal 24h por dia… Vergonhoso isso em meio um crise tirar o ganha pão de chefes de família

    • PARABÉNS AO PREFEITO E SUA EQUIPE! Chega de calçadas tomadas por trambiqueiros vendendo produtos falsificados, bebidas batizadas, alimentos sem um mínimo de controle sanitário, objetos furtados ou roubados e, acima de tudo, sem pagar um centavo de tributos. Que fiquem os artesões de verdade e os ambulantes legalizados, todo o resto (informais) que sejam varridos das ruas que tanto emporcalham e onde cometem seus crimes (sim, informalidade, sonegação de impostos, comércio de falsificados e adulterados, comércio de alimentos sem alvará sanitário etc, são atos criminosos).

  11. O Rio de Janeiro vive uma grande mudança administrativa de gerenciamento urbano. Uma equipe altamente despreparada pelo grande gestor corrupto Eduardo Paes que certamente cairá na tentação em governar o Rio na corrupção. Salvem-se quem puder.

  12. Então em fim o rio de janeiro volta a sorrir,a corrupção está de volta,eleitores alimentados com informações sem credibilidade da mídia global.eduardo Paes está de volta

    • Como bem colocou o colega acima, Sérgio Manuel , não é eleitor , mas espera que o Rio dê certo. Acredito que todos deveriam ir pela mesma corrente de pensamento, afinal todos somos integrantes dessa comunidade que será impactada com as influências do atual governo. A matéria trata de uma regra estabelecida pelo próprio atual prefeito, e sendo posta em prática. O que for além disso, temos uma justiça que se encarregará de investigar e cumprir o que for necessário.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui