Prefeitura esbarra em dívida bilionária para repassar Parque Olímpico ao Rock in Rio

Poder Público tenta negociar o débito junto à Caixa Econômica Federal

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Cidade do Rock está sendo montado no Parque Olímpico • Foto: Rafa Pereira, Diário do Rio

Um dos principais equipamentos esportivos e culturais do Rio, o Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, está no centro de um impasse para ser repassado da Prefeitura para o grupo Rock In Rio. O Poder Público precisa do aval da Caixa Econômica Federal que, segundo o banco, precisa quitar uma dívida bilionária pendente.

A dívida do complexo, construído por meio de uma parceria pública privada (PPP), é de, aproximadamente, R$ 2,5 bilhões com o banco. A prefeitura cedeu o terreno e o consórcio Rio Mais (formado por Odebrecht, Carvalho Hosken e Andrade Gutierrez) construiria as instalações com a contrapartida de utilizar comercialmente do local após a reforma. Na construção do Parque Olímpico, o Rio Mais precisou de um financiamento de quase R$1,4 bilhão, que deveria ter sido quitado em 2020.

O grupo Rock in Rio pretende construir hotéis e restaurantes no espaço, transformando o trecho em uma região de entretenimento. Outro projeto tem o objetivo de construir condomínios, mas a previsão é que fique no papel pela dificuldade de se abrir vias de acesso na área do parque.

Além de assumir essa dívida, o grupo Rock In Rio receberá da prefeitura a transferência do potencial construtivo do parque. Com isso, o grupo poderá fazer construções em outros lugares do Rio de Janeiro e fazer caixa. Mas, para isso acontecer, a Caixa Econômica Federal deve perdoar a dívida, mesmo que parcialmente.

Advertisement

Durante o governo Jair Bolsonaro, seu filho mais velho, Flávio, chegou a ir pessoalmente à Caixa pedir que o processo fosse realizado. Porém, ninguém quis absolver a dívida bilionária, e segue sendo assim até hoje.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura esbarra em dívida bilionária para repassar Parque Olímpico ao Rock in Rio
Advertisement

4 COMENTÁRIOS

  1. Deu até vergonha de ler essa notícia… A velha cultura da malandragem sendo acobertada pela própria caixa econômica… Pq não penhora e executa os bens destas empresas pra pagar a dívida?

  2. Agora veja. Uma parceria público-privada que os parceiros privados tomam empréstimo e dão calote, ficando no colo do banco que é autarquia pública, e a prefeitura quer entregar tudo para outra pessoa jurídica de direito privado… é um estupro da coisa pública.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui