Prefeitura interdita quiosque que causou caos no Recreio

Prefeitura do Rio irá abrir processo de cassação do estabelecimento e será mais rígida em ações contra festas sem permissão

Foto: Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública interditou na manhã desta terça-feira, dia 17, o quiosque no Recreio dos Bandeirantes que realizou um evento sem autorização e causou um total CAOS e danos ambientais no bairro, no último domingo. A SEOP também irá abrir processo de cassação do estabelecimento e ressalta que vai ser ainda mais rígida nas ações de fiscalização para coibir as festas sem permissão pela prefeitura.

Nesta terça-feira, 17/1, os agentes da SEOP e Vigilância Sanitária realizaram uma operação de fiscalização no quiosque e flagraram diversas irregularidades como: armazenamento de alimentos sem devido asseio e procedência, utilização de canudos plásticos e não apresentação de documentos de limpeza da caixa d’água. Além disso, o alvará do estabelecimento era de bar e lanchonete e estava comercializando refeições para a população.

Nós constatamos a realização de um evento sem autorização da Prefeitura no domingo, no Recreio, e segundo informações haveria a participação desse quiosque também nessa produção. Por esse motivo, considerando os danos ambientais gerados, o acúmulo de lixo e a própria realização do evento sem autorização, estamos interditando por tempo indeterminado as atividades desse quiosque e entrando com processo de cassação do seu alvará. Isso é uma resposta muito clara no sentido de que nós não iremos tolerar esse tipo de irregularidade aqui na cidade do Rio de Janeiro e que não teremos impunidade no município”, destaca o Secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale, que completa: “No próprio dia do evento, nós realizamos mais de 100 multas em veículos estacionados irregularmente naquela região, além de termos removido mais de dez veículos também através dos reboques. A SEOP, especialmente agora no verão, vai continuar atenta combatendo irregularidades nas orlas da cidade“.

O Subprefeito da Barra, Raphael Lima, estava presente na operação de hoje e comentou sobre a festa clandestina. “Previamente já havíamos negado a autorização para o evento. Estamos sempre atentos às demandas dos moradores e seguiremos, em conjunto com os outros órgãos da Prefeitura, realizando as fiscalizações em toda nossa região”, completa o subprefeito da Barra.

Ontem a Comlurb também aplicou uma multa aos organizadores do evento no valor de R$140.928,80. Desse total, R $136.428,80 foram aplicados pela Comlurb, com base na Lei de Limpeza Urbana (Lei nº 3.273). A multa inicial foi de R $1.705, 36 pelo fato de não ter sido apresentado o plano de remoção de resíduos. O valor foi majorado para R$68.215,14, considerados os seguintes agravantes pela equipe da Companhia: dano ambiental, volume gerado, ausência de forma de disposição dos resíduos, área afetada e dano paisagístico. O não recolhimento do resíduo gerado num prazo máximo de 12 horas, permitiu a elevação da multa em 100%, totalizando R $136.428,80. Os demais R $4.500 referem-se a autuação realizada pela Secretaria de Ordem Pública, por uso indevido de área pública, totalizando os 140. 928,80. Vale ressaltar que o total de resíduos em um domingo normal de verão na Praia do Recreio é de cerca de 20 toneladas. Neste domingo, com a promoção deste evento clandestino, o total de resíduos gerados chegou a 88,4 toneladas.

No domingo, dia 15, a SEOP e Guarda Municipal realizaram ações de ordenamento urbano e controle de trânsito no bairro do Recreio ao longo de todo o fim de semana. Só no domingo, dia 15, foram registradas 172 autuações por infrações de trânsito e 12 remoções por estacionamento irregular.

Advertisement

10 COMENTÁRIOS

  1. Quero ver essa fiscalização toda na boca do mato no Lins, quiosques ocupando calçadas, motos nas calçadas, a gente é obrigado a andar pela rua, som alto todo FDS… Não aparece um corajoso para por ordem lá.

  2. A CULPA NÃO É DO KIOSQUE, E FALTA DE EDUCAÇÃO, DE RESPEITO. NO 12 DEPOIS DOS FINS DE SEMANA, FERIADOS FICAM UMA SUJEIRA O POVO COLABORA COM ISSO, TEM QUE TER MAIS FISCALIZAÇÃO EM TODOS OS KIOSQUE, TODOS ELES NÃO RESPEITAM NADA.
    O QUE ACONTECEU NESSE KIOSQUE E FIXINHA DE MUITOS E MUITOS FINAIS DE SEMANA E FIM DE ANO. ALI TEM UMA TURMA DE IDOSOS QUE JOGA SEU BARALHINHO DIARIAMENTE, PORQUE A PREFEITURA NÃO FAZ UM ESPAÇO LEGAL PRA ELES BEM LEGAL, PENSE NISSO.

  3. Falta de fiscalização SÉRIA. Falta de educação, de respeito, de tudo. Principalmente de nós cobrarmos dos órgãos públicos a prestação dos serviços pelos quais são pagos. Esse foi um evento grande, que chamou a atenção. Mas durante a semana acontecem várias outras infrações que “ficam por isso mesmo”. Não acho que recolher 20 toneladas de lixo num “domingo normal” seja coisa de gente civilizada e muito menos de uma fiscalização presente.

  4. Porque não interditar o réveillon de Copacabana?
    Os danos ambientais, estruturais e no tráfego são muuuuuuuuito maior!
    Mais um secretário querendo ser estrelinha da globo!
    Bando de canalhas, ladrões do dinheiro público!
    São tão sujos e perigosos quanto o prefeito Eduardo canalha!!

  5. Na Rua Bento Cardoso esquina com Rua Guaporé, em Brás de Pina funcionava um restaurante chamado Magustão com um puxadão na calçada, lá nos idos 1983, o puxadão do antigo estabelecimento ocupava e continua ocupando 90% da calçada, pois bem, o comércio fechou, faliu há pelos menos 30 anos e continua até hoje servindo de bordel noturno e outros comérciozinho de todo tipo, tudo ilegal, gato de luz de água, enfim, virou uma favelinha no miolinho do bairro, é impressionante o descaso da Prefeitura quanto aquela calçada que é extensa e atinge outras lojas que também se locopletaram dela fazendo puxados tirando todo o espaço para pedestre, sem contar com o outro lado da rua Guaporé uma verdadeira desordem pública. Ñ acredito q ao longo desses anos nenhum fiscal da Prefeitura passou por ali. É bizarro a desordem nesta cidade que se diz maravilhosa, cruz crédo!

  6. O povo pede a Guarda Municipal..vejam : a guarda não possui armamento até por escolha da população e aquelas pessoas sem educação respeitariam a determinação da Guarda Municipal? Vou ajudar. Não ! Se o agente pede o povo não atende , nosso povo é invasor de terra , furta energia , água , sinal de TV , internet , não paga IPTU , constrói sem profissionais , tem mais de uma família , trai , abandona filhos …maltrata animais domésticos e vão para o bairro dos outros , a porta dos outros para infernizar …está gente respeita a Guarda Municipal? Então para de pedir a guarda .. fiquem em suas casa com seus amigos ,mas, não vá para a porta dos outros para fazer aquela vergonha .. fiquem em casa se olhando no espelho..

  7. Lembrar que cada pessoa deve saber sua obrigação em auxiliar na ordem urbana e os frequentadores não possui. Nada de educação, se gostassem de se relacionar , bastaria fazer a farra em suas casas ou em clubes ,mas sempre fazem na porta dos outros .. é bebedeira , é droga , é arrastão , é urina …e querem por a culpa no Prefeito ou na Prefeitura ..vamos parar de proteger a falta de educação do povo.

  8. A quem interessar possa….
    .
    É muito mais fácil culpar e penalizar do que assumir a culpa pela incompetência, descaso, inércia, falta de respeito!!
    No momento que o Paes veio a público para o famoso “Mea Culpa”, podia explicar o por que os guardas municipais que estavam de serviço na orla no dia não deram o alerta, já que o evento não havia sido autorizado???

  9. A prefeitura do Rio de Janeiro é uma piada… 146.000 de multa para a banda?
    Isso o cara faz um show e paga !
    Lá na hora no evento, onde estavam a prefeitura, a INÚTIL da guarda municipal, a polícia militar e a tropa de choque para encerrar o evento no momento em que acontecia ?
    O Rio de Janeiro não é uma cidade com 900 favelas…
    É uma favela gigantesca com favelados para todo lado, gente que não respeita MERDA nenhuma, não respeita ninguém, invade, pilha, que faz som alto, algazarra, barulheira e promove sujeiradas para todo lado….
    UMA GENTE PORCA EM TODOS OS SENTIDOS, SEM RESPEITO A NADA E NEM A NINGUÉM !
    O RIO DE JANEIRO ACABOU…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui