Prefeitura realiza operação contra comerciantes ilegais no calçadão de Campo Grande

Produtos como capas e acessórios de celular, alimentos mal acondicionados, botijões de gás, entre outros itens foram apreendidos. A Comlurb recolheu duas toneladas de lixo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Uma operação deflagrada pela Secretaria de Ordem Pública (Seop) e a Subprefeitura da Zona Oeste na sexta-feira (18/08) fiscalizou a ocupação irregular do calçadão de Campo Grande, na Zona Oeste da cidade. Diversas estruturas e dezenas de itens que eram comercializados irregularmente foram apreendidos, além de duas carroças de lanches e placas de publicidade.

Produtos como capas e acessórios de celular, alimentos mal acondicionados, botijões de gás, entre outros itens foram apreendidos. A Comlurb recolheu duas toneladas de lixo.

Os agentes ocuparam os principais acessos ao calçadão no início desta manhã para controlar a entrada dos ambulantes no local. O objetivo da operação foi liberar apenas os camelôs licenciados. As equipes da Prefeitura também realizaram o ordenamento das calçadas que eram ocupadas de forma irregular pelos lojistas. Os comerciantes locais foram orientados a expor seus produtos no limite permitido pela Prefeitura.

O ordenamento do calçadão de Campo Grande é uma demanda importante para os moradores, comerciantes e ambulantes legalizados daquela região. Então, a Seop tem feito um esforço junto com a subprefeitura local para organizar aquele espaço público, para permitir melhor circulação de pedestres. Nós estivemos hoje no calçadão, fizemos apreensões de mercadorias irregulares daqueles que insistiram em permanecer irregularmente no local, organizamos inclusive as calçadas juntos aos comércios que retiraram estruturas que estavam ocupando indevidamente o espaço público. Nós vamos manter essa operação diariamente para estabelecer e consolidar no calçadão de Campo Grande o ordenamento que respeite o espaço público e os interesses da população local – afirmou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.  

Advertisement

O subprefeito da Zona Oeste, Diogo Borba, completou:

“O calçadão de Campo Grande precisa de atenção, e tanto a Subprefeitura quanto a Seop atuarão frequentemente para conter a desordem que se instaurou no local. Não há espaço para a circulação de pedestres e isso não acontece apenas por causa dos ambulantes irregulares, mas também pelas lojas que expõem as suas mercadorias além do espaço permitido. O objetivo é deixar o calçadão em ordem e devolvê-lo assim à população”.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prefeitura realiza operação contra comerciantes ilegais no calçadão de Campo Grande
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui