Presença do goleiro Bruno em clube de futebol de Búzios gera protestos na cidade

A ira da população foi tamanha que a Sociedade Esportiva Búzios desativou os comentários do público em sua rede social

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Moradores de Búzios não querem saber de Bruno no time da cidade/Reprodução

Após atuar no Atlético Carioca, para disputar a quinta divisão do Campeonato Carioca, o goleiro Bruno está de casa nova: o clube Sociedade Esportiva Búzios (SEB), para disputar a quarta divisão do mesmo campeonato.

Bruno, que voltou ao futebol profissional em julho deste ano, foi condenado pelo homicídio da modelo Elisa Samúdio, com quem teve um filho. O goleiro, que está em regime semiaberto, tem encontrado resistência por onde passa. E desta vez não foi diferente.  

O anúncio da presença de Bruno no SEB (Bruno está emprestado) causou revolta na população de Búzios, que realizou um abaixo assinado pedindo a sua saída. Um grupo de mulheres pretende entregar à prefeitura da cidade um ofício com pautas relacionadas a defesa das mulheres.

A ira da população foi tamanha que a Sociedade Esportiva Búzios desativou os comentários do público em sua rede social.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

As informações são do jornal O São Gonçalo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Presença do goleiro Bruno em clube de futebol de Búzios gera protestos na cidade

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui