Primeira fábrica de batata palha do mundo foi criada no Rio de Janeiro

Na década de 1980, os três empresários (e cunhados) Carlos Aníbal, Manoel Luiz e Renato Cerqueira tiveram uma sacada que nunca mais saiu da cozinha de boa parte dos brasileiros

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Layla Mussi

Na década de 1980, os três empresários (e cunhados) Carlos Aníbal, Manoel Luiz e Renato Cerqueira tiveram uma sacada que nunca mais saiu da cozinha de boa parte dos brasileiros.

Nesta época, o trio tentou comprar uma fábrica de batatas chips que estava à venda em Niterói. Não teve negócio. Mas teve ideia.

Carlos, Manoel e Renato montaram uma fábrica de batatas chips chamadas “Crac”. O nome é uma referência ao barulho crocante da batata. Fizeram também uma loja para vender o produto. Isso foi em agosto de 1985.

Aqui tem historia Crac Conheca a primeira fabrica 0013821703202308270806 Primeira fábrica de batata palha do mundo foi criada no Rio de Janeiro

Foto: arquivo pessoal

Advertisement

“Começaram com uma fábrica e inovaram já com uma loja na frente da fábrica, porque até então a batata portuguesa era vendida em padarias a granel. A ideia era fazer uma loja com produtos exclusivos da Crac, uma loja da fábrica” contou, ao portal O São Gonçalo, Marcio Picanço, filho do fundador Renato Cerqueira, que comanda parte da direção da empresa atualmente.

O pai de Marcio, Renato Cerqueira, certa vez, enquanto comia um filé à francesa em um restaurante, pensou sobre o fato de a batata palha não ser comercializada no mercado em geral e somente em alguns pratos, como o que ele estava comendo.

“E aí ele teve a ideia de também fazer a batata em forma de palha, só que começaram as dificuldades porque ninguém produzia então não tinha maquinário específico. E aí ele foi para a Rua de Santana procurar uma máquina que cortasse batata em palha, não conseguiu achar nenhuma máquina e frustrado, começou a conversar com lojistas e contou a ideia que ele queria uma máquina que além de cortar em chips, cortasse em palha. Um dos lojistas, com o Renato, criou uma máquina de moer carne adaptada para cortar a batata. Assim começou a primeira fábrica de batata palha do mundo. A Crac foi a primeira fábrica a industrializar batata palha do mundo’’, explicou Marcio ao portal O São Gonçalo.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca

Também informa o portal que “com a produção da batata no novo estilo e a inserção do produto no mercado, as receitas foram se reinventando. Com o passar dos anos, a empresa montou um sistema de franquia que contava com 46 lojas. Além da expansão da marca, houve um investimento no marketing. As funcionárias vestidas de vermelho panfletavam e ensinavam os brasileiros a incluírem a batata nas refeições e consumirem o salpicão, o cachorro-quente e o tradicional strogonoff com a batata palha. Por consequência, os costumes culinários não só dos niteroienses, mas dos brasileiros em geral foram modificados. Já no fim da década de 90, a Crac recebeu a oportunidade de ampliar ainda mais sua comercialização, em 1996 o grupo Sendas propôs que as batatas fossem vendidas não só nas lojas, mas também fossem para as prateleiras dos supermercados”.

Quase 40 anos depois, a empresa segue produzindo – em escala muito maior que no início -, o produto que criou. Atualmente, a Crac conta com duas unidades fabris localizadas em São Gonçalo e em Rio Bonito.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Primeira fábrica de batata palha do mundo foi criada no Rio de Janeiro
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui