Primeira ferrovia do país ganha mostra permanente em Petrópolis

Projeto é aberto ao público junto ao Centro Cultural Estação Nogueira, espaço dedicado a história da primeira ferrovia do país, a Estrada de Ferro Mauá

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

No próximo domingo (16/04), Petrópolis ganha a mostra permanente “Painel de Cerâmica na Cidade Imperial” para promover a memória histórica da Estrada de Ferro Mauá. Idealizado pela artista plástica e ceramista Rane Bessa, três painéis de cerâmica para visitação permanente, e a céu aberto, são instalados na Praça de Nogueira – local onde funciona o Centro Cultural Estação Nogueira, que tem preservada a história da ferrovia no município de Petrópolis.

A partir de um concurso nacional, trinta e cinco participantes enviaram suas propostas e duas artistas foram selecionadas pelas curadoras Patrícia Pedrosa, doutora em História da Arte pela UFRJ e por Rane Bessa. s imagens selecionadas recriam a importância da primeira ferrovia do país para o progresso do Brasil, busca despertar o valor histórico e artístico da identidade brasileira com a chegada do transporte ferroviário e promove a importância das locomotivas como patrimônio cultural.

A mostra permanente “Painel de Cerâmica na Cidade Imperial” ganha acessibilidade nos painéis “Transporte e Independência”, que recebem um QR Code com áudio descrição das imagens e o texto da curadora em libras. Além do circuito de painéis, um mini doc captado e editado por Sophia Azara traz imagens dos bastidores da execução da mostra, bem como a importância da parceira com o Centro Cultural Estação NogueiraApós a sua inauguração, durante o mês de abril, visitas guiadas com alunos da rede pública de ensino do município de Petrópolis, serão realizados pela curadora Patrícia Pedrosa.

O projeto “Transporte e Independência” nasceu com o intuito de celebrar os 200 anos da Independência do Brasil ao resgatar as experiências e memórias da importância dos transportes para o progresso do país. Ele conta com o patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria do Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural 2.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

A Guia de Pacobaíba foi inaugurada em 30 de abril de 1854. O projeto de Irineu Evangelista de Souza, que mais tarde ficou conhecido como Visconde de Mauá, pretendia ligar a cidade do Rio de Janeiro ao Vale do Paraíba e, mais tarde, a Minas Gerais. O objetivo da ferrovia era facilitar o transporte de produtos e mercadorias, em especial o café, que era um principais produtos da época.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Primeira ferrovia do país ganha mostra permanente em Petrópolis

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Primeira ferrovia do país ganha mostra permanente em Petrópolis
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui