Primeira noite de desfiles do Grupo Especial na Sapucaí registra 550 atendimentos médicos

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 36 pacientes apresentaram quadros mais graves e precisaram ser transferidos para unidades de urgência e emergência da rede municipal

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
A Sapucaí ganhou cores e brilho durante dois dias de desfiles das escolas do Grupo Especial em 2022 - Fernando Maia/Prefeitura do Rio

Na terceira noite desde o início dos desfiles foram realizados 550 atendimentos até às 4h, nos seis postos médicos montados pela Secretaria Municipal de Saúde no sambódromo, de acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira (12).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 36 pacientes apresentaram quadros mais graves e precisaram ser transferidos para unidades de urgência e emergência da rede municipal.

Os postos de atendimento da Prefeitura do Rio estão funcionando em um esquema especial de assistência médica de emergência durante o carnaval e estão distribuídos em pontos estratégicos da Avenida Marquês de Sapucaí, funcionando das 19h até as 6h, ao fim dos desfiles.

A estrutura de atendimento conta com 16 ambulâncias com suporte avançado (UTI móvel) e equipes próprias. Nos postos, há um total de 32 leitos, sendo sete de suporte avançado, e 10 poltronas de hidratação.

Advertisement

Além disso, 16 ambulâncias com suporte avançado (UTI móvel) e equipes próprias estão disponíveis em cada dia de desfile das escolas da Série Ouro e do Grupo Especial e no sábado das campeãs. Já para o desfile das crianças, serão 10 viaturas disponíveis.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Primeira noite de desfiles do Grupo Especial na Sapucaí registra 550 atendimentos médicos
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui