Procon Carioca notifica 6 lojas por irregularidades no Shopping Nova América

Com a intensificação das vendas para o Dia dos Pais, que é celebrado neste domingo (13), a autarquia aperta o cerco aos que engam os consumidores

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgaçao

Diante do aumento das vendas para a celebração do Dia dos Pais, o Procon Carioca realizou uma operação fiscalizatória no Shopping Nova América, em Del Castilho, Zona Norte da cidade, nesta quinta-feira (10), para verificar possíveis irregularidades consumeristas. Foram fiscalizadas 15 lojas, sendo que seis delas foram notificadas por contrariarem o Código de Defesa do Consumidor, como: data de validade vencida, ausência de preços, publicidade enganosa, dupla e tripla precificação, além de falta de licenciamento sanitário.

Receberam notificação da autarquia: Mr. Cat, Redlley, C&A, Centauro e Riachuelo. Na loja Wollner também foram encontradas irregularidades passíveis de notificação, mas os funcionários do estabelecimento se recusaram a recebê-la. A notificação será enviada à loja pelos Correios. De acordo com o Procon RJ, as unidades comerciais terão 20 dias para apresentar esclarecimentos ao Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor.

Os funcionários das lojas Enzo, Espaço Rubro Negro, Gigante da Colina, The Body Shop, Luigi Especiale, Degusto Club e Armadillo receberam orientações de adequação às normas consumeristas.

A equipe da autarquia não encontrou irregularidades nas lojas Iplace e Nike Factory.

Advertisement

O diretor-executivo do Procon Carioca, Igor Costa, destacou o empenho da autarquia em fazer com que os comércios cariocas respeitem o Código de Defesa do Consumidor.

“A equipe tem percorrido todos os pontos da cidade para verificar o cumprimento do que rege o Código de Defesa do Consumidor. É importante fiscalizar e informar sobre as normas consumeristas para que o cidadão tenha conhecimento acerca de seus direitos na hora de adquirir um produto ou serviço”, afirmou Costa.

Foram notificadas:

– Centauro: ausência de preço nos produtos à venda e falta de licenciamento sanitário;

– C&A: ausência de preço nos produtos à venda, produtos com dois ou três preços diferentes e publicidade enganosa – havia araras com marcação de um preço e não havia peças com o preço informado;

– Riachuelo: ausência de preço nos produtos à venda, produtos com dois ou três preços diferentes. Uso de perfumes de teste de fragrância pelos consumidores, com data de validade vencida e ou sem a devida informação;

– Redley: ausência de preço nos produtos à venda e falta de licenciamento sanitário;

– Wollner: ausência de preço nos produtos à venda e falta de licenciamento sanitário:

– Mr. Cat: ausência de preço nos produtos à venda.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Procon Carioca notifica 6 lojas por irregularidades no Shopping Nova América
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Queria entender qual a relação de uma loja trabalhar com produtos de roupa, calçados e artigos esportivos ter exigências de licenciamento sanitário?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui