Procon identifica variação de preços superior a 270% em exames para detecção da dengue no RJ

Pesquisa foi realizada em 10 laboratórios; presidente do Procon-RJ afirma que informações serão analisadas e fornecedores poderão ser multados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue - Foto: Reprodução/Internet

Levantamento recente elaborado pelo Procon Estadual do Rio de Janeiro em relação a exames para detecção do vírus da dengue aponta que, de 10 laboratórios pesquisados, há variação de preços de mais de 270%.

A maior oscilação encontrada foi de 276,19%, e a menor, de 42,17%. De acordo com o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, as informações levantadas pelos agentes da autarquia serão analisadas. Caso sejam encontradas violações ao Código de Defesa do Consumidor, o fornecedor será multado.

”Estamos atentos aos valores dos exames e observando as variações dos preços. A preocupação é o aumento injustificado dos exames para detecção do vírus da dengue. Caso sejam verificados aumentos excessivos, tanto nos repelentes quanto nos exames, serão notificados os fornecedores e laboratórios”, ressaltou Coelho.

Além da pesquisa dos exames de detecção de dengue nos laboratórios, o Procon-RJ também está realizando levantamento de valores de repelentes. Foi encontrada uma variação de 66,11% do mesmo produto em locais diferentes na Zona Norte do Rio. Já na Zona Sul, foi encontrada oscilação de 43,32% no mesmo repelente.

Advertisement

A pesquisa pode ser acessada por meio deste link. O consumidor que deseja fazer uma denúncia ou reclamação poderá acessar o site oficial do Procon-RJ ou realizá-la via WhatsApp, por meio do número (21) 98104-5445.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Procon identifica variação de preços superior a 270% em exames para detecção da dengue no RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui