Procon-RJ inicia investigação sobre aumento de preços de repelentes

O objetivo é analisar os preços praticados nos repelentes desde dezembro de 2023 até o momento

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O Procon Estadual do Rio de Janeiro deu início a uma investigação preliminar para apurar possíveis práticas abusivas na venda de repelentes, nesta segunda-feira (19/02). O objetivo é analisar os preços praticados nos repelentes desde dezembro de 2023 até o momento, em meio à epidemia de dengue.

De acordo com o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, embora o órgão não tenha o poder de tabelar preços, situações excepcionais demandam sua atuação. “Produtos essenciais, como repelentes durante esta epidemia de dengue, não devem ter aumentos injustificados visando lucros excessivos”, afirmou Coelho.

Além de notificar os principais fornecedores para obter informações, o Procon-RJ realizará uma pesquisa de preços dos repelentes para informar e auxiliar os consumidores na comparação de valores. Isso servirá como base para analisar possíveis aumentos abusivos de preços.

Os consumidores que desejarem fazer denúncias ou reclamações podem acessar os canais de atendimento disponíveis no site oficial da autarquia: www.procon.rj.gov.br ou entrar em contato via WhatsApp de denúncias: (21) 98104-5445.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Procon-RJ inicia investigação sobre aumento de preços de repelentes
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui