Procon-RJ monitora preços de mais de 600 produtos para Black Friday e encontra descontos de até 47%

O objetivo é verificar se está havendo a chamada maquiagem de preços, ou seja, elevar os valores para, durante o período promocional, retornar aos preços aplicados antes

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

O Procon Estadual do Rio de Janeiro está realizando um monitoramento de preços dos produtos mais procurados na Black Friday. O objetivo é, além de ajudar os consumidores na comparação de preços, verificar se está havendo a chamada maquiagem de preços, ou seja, elevar os valores cobrados em alguns produtos para, durante o período promocional, retornar aos preços aplicados antes, sem desconto real.

Os agentes realizaram o levantamento em oito grandes sites entre os dias 10 de outubro e 16 de novembro e já observaram grandes descontos. Foram pesquisados os valores de 649 itens entre celulares, airfryers, microondas, lavadora, aspirador robô, smart speakers, notebook, geladeira, TV, videogame e fogão. No dia da promoção, o monitoramento será realizado online e haverá fiscalização em lojas físicas.

De acordo com o levantamento dos fiscais, a maioria dos produtos pesquisados no período apresentou alteração no preço, seja para mais ou para menos. Na sexta-feira (25/11), dia que acontece o evento, um novo levantamento será realizado para apurar os preços praticados para esses mesmos produtos. Além disso, os fiscais estarão nas ruas de municípios da região metropolitana, dos lagos, serrana, baixada e norte fluminense, juntamente com a Delegacia do Consumidor (Decon).

Advertisement

“Entendemos que esse evento é importante para a economia do Estado, pois os lojistas ganham nas grandes quantidades vendidas e o consumidor ganha nas compras com descontos diferenciados. Por isso, estamos desde outubro fazendo monitoramento de preços, divulgando a cartilha “Black Friday Legal” e estaremos nas ruas na última sexta de novembro, para garantirmos a lisura do evento”, disse o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

“Todo ano realizamos essa pesquisa, não só para monitorar e coibir as práticas abusivas, mas também para ajudar os consumidores a tomarem decisões de compra conscientes e incentivar sempre a pesquisa de preços. Isso evita compras por impulso e, consequentemente, o superendividamento da população”, concluiu.

Os maiores descontos observados, até o momento, foram para celulares na Americanas.com (47%) e na Fast Shop (44%).Para airfryer, no Extra (36%) e Ponto Frio (33%). Os fogões tiveram maior desconto no Shoptime (34%) e as  geladeiras na Casa e Vídeo (28%). Já os notebooks, os melhores descontos foram observados na Amazon (28%) e Casas Bahia (27%).

Esses números serão utilizados para verificar se o desconto ofertado é compatível com os preços que estavam sendo praticados anteriormente. No dia da Black, os fiscais também estarão recebendo denúncias pelo WhatsApp 21 98104-5445, tanto de sites quanto de lojas físicas. Nos casos identificados como crimes contra o consumidor, poderão ser iniciados procedimentos criminais, pela Delegacia do Consumidor, sem prejuízo das medidas administrativas do Procon-RJ.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Procon-RJ monitora preços de mais de 600 produtos para Black Friday e encontra descontos de até 47%
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui