Procon-RJ multa a Supervia em mais de R$ 6 milhões por irregularidades

No início de maio a concessionária foi lavrada em R$ 3 milhões; novas sanções ainda poderão ser aplicadas

Foto: Procon-RJ

O Procon-RJ aplicou mais sete multas à concessionária Supervia por falha na prestação de serviço. A soma das multas, aplicadas na última sexta-feira, (27/05), chega a R$ 6.283.760,00. A SuperVia vem sendo multada regularmente e dessa vez foi por irregularidades encontradas nas estações da Central do Brasil, São Cristóvão, Pavuna, Honório Gurgel, Rocha Miranda, Ricardo de Albuquerque, Anchieta, Olinda, Praça da Bandeira, Mangueira, Riachuelo e Engenho de Dentro.

O governador, Cláudio Castro, afirma que o estado exige que a empresa ofereça o serviço que o cidadão merece e precisa receber. “A fiscalização é um dever do Estado, assim como é uma obrigação da Supervia respeitar o usuário e garantir que ele tenha um sistema que funcione”, completa o governador.

Durante as fiscalizações realizadas nestas doze estações, os agentes constataram superlotação, atrasos, desnível e espaçamento inadequado entre os vagões e as plataformas, como também presença de homens no vagão destinado às mulheres e ausência de acessibilidade.

Das multas, a que tem o maior valor é a que pune a Supervia pelas infrações nas estações Ricardo de Albuquerque, Anchieta e Olinda, no valor de R$ 1.538.880,00.

Na primeira quinzena de maio, duas sanções, de R$ 3 milhões, foram aplicadas à empresa. Desde abril, o Procon-RJ realiza ações de fiscalização nas estações de trem para apurar como o serviço é prestado à população. Outros 10 autos de infração foram lavrados e seguem os trâmites legais, que poderão resultar em novas multas.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Até que foi pouco deveria ter sido o dobro , mais sera que vão pagar ou enrolar com recursos juridicos que se arrastarão por anos a fio .

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui