Programa Empoderadas premia personalidades que se destacaram no enfrentamento à violência contra a mulher

Em sua terceira edição, Maria da Penha, uma notável ativista dos direitos das mulheres e farmacêutica brasileira, foi a grande homenageada da noite

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Zezé Motta e Kyra Gracie (Foto: Divulgação)

O combate à violência contra as mulheres tem ganhado importantes aliados ao longo dos últimos anos, que trabalham incansavelmente para reduzir os casos, informar a sociedade e proteger as vítimas. Em apoio a essa causa, o Programa Empoderadas realizou sua terceira edição de premiação, honrando 19 profissionais de destaque, incluindo autoridades policiais, judiciárias, políticas, artistas e outras personalidades. A cerimônia de premiação aconteceu no teatro do Hotel Copacabana Palace e foi seguida por um coquetel que se estendeu até a madrugada, com direito a uma emocionante apresentação da bateria da Beija-Flor de Nilópolis, que também é parceira do programa.

A grande homenageada desta edição foi Maria da Penha, uma notável ativista dos direitos das mulheres e farmacêutica brasileira, cuja luta resultou na lei que leva seu nome, uma ferramenta fundamental no combate à violência doméstica no Brasil. Embora não tenha conseguido estar presente devido a questões de saúde, Maria da Penha gravou um tocante vídeo para a cerimônia. Outra homenageada foi a atriz Carolina Dieckmann, que também tem uma lei com seu nome relacionada a delitos na internet, e enviou um vídeo de agradecimento de Miami, onde estava comemorando seu aniversário.

A cerimônia contou com uma apresentação especial da renomada Zezé Motta, que entusiasmou a plateia com três músicas. A atleta Kyra Gracie, que se dedica a aproximar mulheres de baixa renda do esporte, também foi premiada. O programa, fundado por Erica Paes, especialista em segurança feminina, oferece prevenção e apoio a vítimas de violência de gênero em todo o estado do Rio de Janeiro. Além disso, oferece cursos profissionalizantes e ajuda as mulheres a romperem o ciclo de violência, contribuindo para sua independência financeira.

O Programa Empoderadas, ativo há quatro anos, já acolheu mais de um milhão e trezentas mil mulheres em mais de 60 polos em todo o estado fluminense. Além de fornecer informações sobre leis e direitos das mulheres, os polos oferecem dicas de segurança e apoio contínuo. A premiação reconhece líderes em diversas categorias, incluindo pioneirismo na luta, proteção e direitos, acesso à justiça, conscientização e acolhimento, artistas contra a violência e política inclusiva.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Programa Empoderadas premia personalidades que se destacaram no enfrentamento à violência contra a mulher
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui