Projeto de reforma do estádio do Vasco será votado ainda este mês

Anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Carlo Caiado, em audiência realizada no estádio do Clube

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Torcida do Vasco em jogo em São Januário
Torcida do Vasco em jogo em São Januário - Foto: Matheus Lima/Vasco da Gama

Na última terça-feira (11), o presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, vereador Carlo Caiado (PSD), anunciou que o projeto de lei complementar que viabiliza a reforma do estádio de São Januário receberá emendas e será votado definitivamente ainda neste mês de junho, antes do recesso parlamentar. O anúncio ocorreu durante a terceira e última audiência pública, realizada na sede do Vasco da Gama, encerrando um extenso ciclo de debates sobre a proposta.

Conforme informações, a Câmara Municipal deu prioridade política ao projeto enviado pelo prefeito Eduardo Paes, já aprovado em primeira discussão. Além disso, a terceira audiência pública visou ampliar a transparência e garantir a participação da sociedade no processo.

“Aprovamos em primeira discussão, após essa audiência pública de agora vamos sentar com todos os vereadores e corpo técnico para apresentar as emendas que vão aperfeiçoar o projeto. Emendas que tratam da recepção desse potencial construtivo, como na Barra da Tijuca, de melhorias de mobilidade nessas regiões. Vamos entregar esse projeto para o prefeito sancionar quanto antes”, explicou Caiado

Advertisement
29fae423e04fa96d20dcc5724f6d4e5c L Projeto de reforma do estádio do Vasco será votado ainda este mês
Última audiência pública na sede do Vasco da Gama. Reprodução: Flavio Marroso/CMRJ

Em relação ao impacto da obra, subsecretário Executivo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Thiago Dias, esclareceu que não há previsão a remoção dos ambulantes do entorno do estádio. Ele ressaltou que a remodelação da área pode resultar na ampliação do espaço, o que poderia aumentar o número de licenciamentos.

“O PLC enviado pelo prefeito prevê programa social para comunidades do entorno com ações durante a obra com a contratação de mão-de-obra dessas comunidades. Tentamos fazer de maneira mais harmônica com seu entorno. Toda obra traz seus transtornos, mas tentamos enxergar oportunidade para potencializar o engajamento dessas populações”, afirmou o subsecretário.

O presidente do Vasco da Gama, Pedro Paulo de Oliveira, ex-jogador Pedrinho, em alinhamento com o subsecretário e a associação de moradores, mencionou o planejamento para capacitar os residentes.

“A capacitação de muitos moradores para serem incluídos na obra nesse período de, talvez, dois anos e meio está prevista. Estamos fazendo uma listagem com a profissão de alguns para fazerem parte do projeto nesse período para não ter dano econômico, estamos alinhando com a associação de moradores”, antecipou.

614fde139f79b Projeto de reforma do estádio do Vasco será votado ainda este mês
Foto: Divulgação/Vasco

O projeto estabelece a Operação Urbana Consorciada – OUC Estádio de São Januário, uma série de intervenções coordenadas pelo Poder Executivo Municipal, com a participação do clube, seus associados como usuários permanentes, moradores locais e investidores privados.

Um total de 197 mil metros quadrados de potencial construtivo subutilizado no complexo de São Januário poderá ser realocado para diferentes áreas da cidade, como a Barra e bairros da zona norte do Rio, seguindo as diretrizes estabelecidas no projeto.

Na audiência, estiveram presentes os vereadores Eliseu Kessler (MDB), Zico (PSD), Pedro Duarte (Novo), Willian Coelho (DC) e Luiz Ramos Filho (PSD), além de centenas de torcedores e representantes das comunidades locais.

 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Projeto de reforma do estádio do Vasco será votado ainda este mês
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui