Projeto de Soranz pode economizar Bilhões da União – Bastidores do Rio

Vinda de Gisele Bündchen fez só dar Rio na mídia internacional, SUS melhor que rede D'or e a energia de Daniel Soranz

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Quintino Gomes Freire - Foto: Rafa Pereira/Diário do Rio

Disruptivo
Daniel Soranz
está trabalhando para montar um novo sistema de compras públicas um leilão permanente de itens padronizados.

Disruptivo II
A intenção é acabar com centenas de processos de licitação para comprar itens padronizáveis, como medicamentos. A economia será na casa de milhões.

Energia
Isso explica a energia de Soranz que durou do pré Carnaval até a Quarta de Cinzas. É treino para a pauleira que vai ser a Câmara.

Energia II
Ele conseguiu superar a diretora geral de comunicação da Câmara do Rio, Priscilla Almawy, cujo sangue foi trocado por Red Bull na maternidade.

Advertisement

Só deu Gisele
Para quem duvida da importância de certas pessoas no Carnaval, a presença de Gisele Bündchen no Carnaval do Rio gerou mídia nas mais importantes mídias do mundo.

Só deu Gisele
A gente tem de agradecer a Naldo Benny por mais essa conquista. Não entendeu? Dá um Google.

SUS melhor que D’or
No que depender de atendimento, melhor procurar SUS do que a Rede D’or. A pessoa pode chegar com AVC que vão te passar um Diazepan… estou exagerando, como sempre.

Brasil & Portugal
A consultoria Humanare promove, segunda (dia 27.02), às 19h, a palestra “Desafios do Bem Viver: Relações Pessoais e Corporativas” que terá a participação diretamente de Portugal da fundadora e CVO da empresa Adriana Schneider. Além dela, também participam a psicóloga Emanoella Castro, Marco Ornellas e a especialista em ESG Suzana Tavares.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Projeto de Soranz pode economizar Bilhões da União - Bastidores do Rio
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Pensei que só eu estivesse julgando a REDE D’OR ineficiente. Os 3G da REDE D’OR montaram um sistema tipo escravomed julgando que só as instalações bem preparadas iriam levar o cliente no beiço. Deu ruim . . . Está ficando evidente para todo mundo . . .

  2. A mistureba no jornalismo não é jornalismo é balaio-de-gato midiático. Quem quer falar de tudo acaba falando nada. Fica o recado, e nunca se esqueça, que assim nasceram e se proliferaram as Fake News.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui